Harley-Davidson Street Rod 750 ganha versão esportiva

Destinada a um público mais jovem e urbano, a nova Street Rod tem características esportivas e visual agressivo

Por Teo Mascarenhas16/07/17 às 09h08

A Harley-Davidson Street Rod 750 é uma resposta da centenária fabricante americana, que vem sinalizando uma guinada rumo a diversificação de sua linha, mirando também modelos de menor porte.

Já foram lançadas a “micro”, para seus padrões, Street 500 e sua irmã um pouquinho maior, Street 750, cuja cilindrada no Brasil é conhecida carinhosamente como “sete Galo”. Agora, também visando um público mais jovem, lança a versão esportiva da Street 750, batizada de Street Rod 750.

O novo modelo chega com visual mais agressivo, motor e suspensões mais apimentados.

Harley Davidson Street 750 ganha versão mais esportiva e jovem. Street Rod tem alterações no motor, posição de pilotagem, freio e design.
MY17.5 Campaign Imagery.

Motor da Harley-Davidson Street 750

Os modelos Street 500 e Street 750 dividem o quadro e demais conjuntos mecânicos. Até mesmo o motor, com diferenças no curso dos pistões e outros pequenos ajustes resultantes da diferença de tamanho do propulsor, é o mesmo.

As duas, porém, conservam, uma das principais características da Harley-Davidson. A arquitetura de motor com dois cilindros em vê.

Entretanto, para obter um funcionamento mais linear e constante, são equipadas com refrigeração líquida (embora o radiador fique o mais camuflado possível), e o ângulo de abertura dos cilindros é de 60 graus, em vez dos costumeiros 45 graus, com arrefecimento a ar.

A linha é produzida na Índia, para atender aos mercados asiáticos, nos Estados Unidos, e também vai desembarcar no Brasil, fabricada na planta da marca em Manaus, Amazonas.

Street Rod 750

A nova Street Rod 750, com visual nitidamente inspirado na esportiva Sportster XR 1200, ganhou tantas alterações no motor de 749 cm3 de cilindrada, semelhante ao que equipa o modelo de competição Flat Track Tacer XG 750R, que a potência ficou 18% maior, com 68,4 cv a 8.750 Rpm, ganhando também 8% a mais de torque que passou para 6,5 Kgfm a apenas 4.000 Rpm e o nível de giros (faixa vermelha) do motor subiu de 8.000, para 9.000 Rpm.

Neste embalo, o motor ganhou também um novo e pomposo batismo. High Output Revolution X.

Tudo para tentar conquistar um público mais jovem. A nova Street Rod 750 tem um visual “dark”, mais agressivo e uma posição de pilotagem esportiva, levemente inclinada para frente.

O um guidão é totalmente plano, estilo dragster, com os retrovisores instalados nas pontas. Além disso, o banco, estilo competição, privilegia o encaixe do piloto, o escape, do tipo dois em um, também é pintado de preto, assim como as rodas em liga leve, com aros de 17 polegadas de diâmetro como nos modelos esportivos.

Harley Davidson Street 750 ganha versão mais esportiva e jovem. Street Rod tem alterações no motor, posição de pilotagem, freio e design.

Freios

Embora o modelo leve o nome Street Rod 750 (Rua), direcionado para utilização no dia a dia, a esportividade também está presente no conjunto de freios.

Na dianteira um duplo disco ventilado de 300 milímetros de diâmetro, mesma medida do disco traseiro, que fica super-dimensionado. O sistema ABS é de série.

A suspensão dianteira segue na mesma direção, com garfo invertido e tubos de 43 milímetros de diâmetro. A suspensão traseira tem dois amortecedores, com molas pintadas de vermelho, equipadas com reservatório de expansão de gás, 117 milímetros de curso e ajustes na pré-carga para melhor adequação ao peso do conjunto piloto e moto.

Completando o visual, adota uma tomada de ar esportiva do lado direito e uma cobertura de farol que simula um “number plate”, ou capa para fixação de número para identificação nas competições.

O painel tem um único relojão no centro do guidão, o tanque comporta 13,2 litros e o peso é de 238 kg. 5 kg a mais que o modelo “estandard” Street 750.

Outra característica Harley-Davidson preservada na Street Rod 750 é a transmissão final por correia, que não precisa de manutenção em vez da ruidosa corrente. Além disso, linha de modelos “menores” nasce com uma completa gama de acessórios e equipamentos.

Fotos Harley-Davidson | Divulgação

Teo Mascarenhas

Especialista na cobertura do mercado de motocicletas e competições com mais de 30 anos de experiência.

Teo Mascarenhas
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário