Alagamento em São Paulo atinge fábricas e concessionárias

Mercedes-Benz afirmou, em nota, que a produção em São Bernardo do Campo está paralisada; Ford e GM também foram atingidas

Por AutoPapo 11/03/19 às 16h47

São Paulo convive, desde a noite desse domingo (10), com temporais intensos. De acordo com o Corpo de Bombeiros, 12 pessoas perderam a vida na região metropolitana da capital em decorrência de afogamentos e deslizamentos de terra. Fábricas de automóveis e concessionárias também foram afetadas pelo alagamento em São Paulo.

A Mercedes-Benz, instalada em São Bernardo do Campo, teve as operações paralisadas nesta segunda-feira (11) por conta da invasão da água. A montadora informou que está “trabalhando para realizar os procedimentos de limpeza e manutenções necessárias para que a fábrica volte a operar o mais rápido possível e com segurança”. Confira a nota enviada pela empresa à imprensa:

Fábricas de automóveis sofrem com o alagamento em São Paulo. Em São Bernardo, a planta da Mercedes teve suas operações paraisadas.

A Mercedes-Benz do Brasil informa que teve sua produção interrompida nessa segunda-feira, 11, devido à forte chuva que atingiu a região do ABC paulista.

Nesse momento, as áreas de Manutenção, Segurança e Logística da empresa estão trabalhando para realizar os procedimentos de limpeza e manutenções necessárias para que a fábrica volte a operar o mais rápido possível e com segurança para todos os colaboradores.

O volume de chuvas na região da fábrica de São Bernardo do Campo (SP) foi muito intenso desde a noite de ontem, mas é importante ressaltar a importância da limpeza e da manutenção frequentemente dos rios e também dos piscinões e bueiros locais a fim de ajudar a dispersar o volume de água e evitar tantos estragos para toda a população da região do ABC.

A fábrica da Ford, também em São Bernardo, também foi afetada pelo alagamento. No vídeo, postado nas redes sociais, pode-se observar os danos causados pelas chuvas.

Uma concessionária da General Motors também foi atingida pelo alagamento em São Paulo. O AutoPapo tentou contato com a assessoria de comunicação da marca para averiguar a situação da loja, que fica em São Caetano, mas não obteve sucesso.

Imagens Reprodução | Internet

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Thiago 11 de março de 2019

    ESSA CHUVA NA CIDADE DE SÃO PAULO, FOI CAOS ENORME, A QUANTIDADE DE CHUVA PARA A CIDADE DE SÃO PAULO, FOI 150mm, RUAS ALAGADAS, ESSA CHUVA DE SÃO PAULO, ESTAVA MAIS PARA FILME DE TERROR, EU IMAGINO, O DESESPERO DAS PESSOAS QUE ESTAVAM VOLTANDO DE MADRUGADA DO TRABALHO, PESSOAS PRESAS DENTRO DO ÔNIBUS ARTICULADO, A ÁGUA, PASSANDO POR CIMA DOS BANCOS DO ÔNIBUS ARTICULADO, QUE EU ,VI NUMA REPORTAGEM, ESSA CHUVA NA CAPITAL PAULISTA, PRATICAMENTE FOI PIOR, NOS ÚLTIMOS 50 ANOS,ESSA CHUVA PAROU A CIDADE DE SÃO PAULO.

Avatar
Deixe um comentário