Câmbio automatizado da Renault deixa de ser produzido

Seguindo tendência, a francesa confirmou o que já esperávamos, e vai abolir o câmbio automatizado a favor do automático CVT

Por AutoPapo18/03/19 às 18h30

O câmbio automatizado da Renault foi oficialmente abandonado. O último modelo no qual a transmissão apareceu foi no Sandero Stepway, com proposta aventureira, para o qual deixou de ser oferecida no fim de 2018. A tendência do mercado é de o sistema ser substituído pelo câmbio automático. A notícia foi dada pelo portal Autos Segredos.

Seguindo tendência, o câmbio automatizado da Renault vai ser abolido em favor de um automático CVT, a francesa confirmou.
Stepway é o último modelo na gama da Renault que ainda é equipado com o câmbio automatizado.

No hatch, a caixa automatizada acompanhava um motor flex 1.6 de 16 válvulas. O anúncio oficial da mudança já era aguardado, e está de acordo com o que tem se mostrado uma tendência. O sistema é como a simulação de uma transmissão automática, mas com a estrutura de uma manual.

A diferença para a manual convencional é as trocas de marcha são feitas pelo próprio sistema. Ele executa, assim, todos os procedimentos que um motorista executaria, acionando a embreagem e manuseando a alavanca de câmbio.

No lugar do câmbio automatizado da Renault, o modelo deve receber um câmbio automático CVT, ainda este ano. O Sandero comum e o Stepway, assim como o Logan, também receberão uma reestilização. Atualmente, a dupla só é oferecida com câmbio manual, mas também ganhará a opção CVT.

Seguindo tendência, o câmbio automatizado da Renault vai ser abolido em favor de um automático CVT, a francesa confirmou.
Imagem de registro do novo Sandero. (Reprodução do INPI)

Os novos modelos serão inspirados nos europeus, comercializados pela Dacia em alguns países do continente. As mudanças incluem para-choques, grade dianteira e faróis novos. No hatch, mudam também a traseira e as lanternas. O interior dos dois modelos também será reformulado.

Câmbio automatizado do Renault Sandero acompanha tendência

Outros carros que vão abandonar o sistema em breve são o Volkswagen up!, último na gama alemã que ainda o oferece. Da mesma forma, a Fiat também vai deixá-lo para trás, como informou o presidente da FCA para a América Latina, Antonio Filosa, em evento para a imprensa. A italiana ainda utiliza o sistema no Cronos e Argo.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário