Aprenda a escolher uma oficina mecânica de qualidade

Fique atento às reclamações dos clientes no Reclame Aqui ou no Procon e questione se o centro automotivo possui um responsável técnico qualificado

Por Laurie Andrade19/03/19 às 11h52

Um automóvel exige cuidados. O motorista precisa calibrar os pneus, encher o tanque, pagar impostos e, entre outras coisas, fazer manutenções preventivas. Se acontecer um acidente, a necessidade de contar com uma boa oficina mecânica é ainda maior. Com o intuito de facilitar o processo de escolha, selecionamos algumas dicas para ajudá-lo a encontrar um bom centro automotivo.

De acordo com o Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi), é preciso estar atendo a alguns detalhes. Entre eles:

  • Legalidade

Uma das evidências de uma boa oficina mecânica começa com a questão legal: ela tem alvará de funcionamento da prefeitura? Tem atestado de vistoria do Corpo de Bombeiros? Possui licença ambiental de operação? Todos esses documentos devem estar expostos e com fácil visualização para os clientes.

Também é importante verificar as condições do CNPJ do centro automotivo.

  • Atendimento e estrutura

Uma boa oficina mecânica oferece um atendimento adequado ao cliente, com condições apropriadas de conforto: recepção com sanitário exclusivo para clientes próximo da sala de espera, oferta de água e café, instalações apropriadas para os peritos de seguradoras.

Confira se há boa conservação do imóvel, bom estado de limpeza e organização. O estabelecimento deve ser agradável, organizado e bem iluminado. Equipamentos e ferramentas devem estar em lugares específicos, assim como as peças e os demais materiais.

  • Certificados e treinamento

Em São Paulo, em cumprimento à lei 15.297, de 2014, que dispõe sobre as normas básicas das oficinas de reparação, o responsável pela oficina deve comprovar sua capacitação técnica por meio de certificado e treinamento realizado pela empresa.

Apesar de não ser uma exigência de todos os Estados, vale a pena conferir se o centro automotivo que você pretende contratar tem um responsável técnico especializado.

Verifique também se a oficina mecânica possui certificações ou atestados de qualidade.

  • Serviços oferecidos

Certifique-se de que o centro automotivo tem total autonomia em todos os serviços que ela se dispõe a exercer. Nos serviços terceirizados, procure saber se ela exige o mesmo padrão de qualidade do que é feito dentro da própria empresa. Um funcionário deverá explicar tudo o que precisa ser feito no veículo quando o orçamento for apresentado, esclarecendo todas as dúvidas.

  • Garantia

Confira se a oficina mecânica menciona ou apresenta certificado de garantia dos serviços prestados (de 30 a 90 dias).

Listamos alguns parâmetros que devem ser observados durante a escolha por uma oficina mecânica. Certificações e qualidade de equipamentos são dois deles.
  • Equipamentos

Dependendo dos serviços prestados pela oficina (funilaria, pintura), existem alguns equipamentos que são fundamentais. Você pode pedir uma explicação dos métodos e processos envolvidos no reparo do seu carro. Com uma breve apresentação do proprietário, você poderá saber se a oficina conta com equipamentos adequados, como solda ponto, bancada de estiramento, solda MIG/MAG e cabine de pintura de pressão positiva (estufa).

  • Referências

É sempre bom pedir indicações de um amigo ou parente que já tenha precisado de algum trabalho semelhante ao necessário ao seu carro. Porém, vale a pena buscar referências de órgãos e empresas certificadoras.

Um caminho interessante é sempre procurar, no Reclame Aqui e no Procon de seu Estado, se há registros de reclamações do centro automotivo que pretende contratar.

Listamos alguns parâmetros que devem ser observados durante a escolha por uma oficina mecânica. Certificações e qualidade de equipamentos são dois deles.
Shutterstock

Bárbara Brier, idealizadora da certificação “Oficina Amiga da Mulher“, acrescenta que os funcionários devem ter empatia e cuidado ao traduzir o problema do carro e as correções a serem feitas para o cliente.

Por fim, sempre exija um orçamento prévio, no qual devem estar discriminados detalhadamente o material a ser usado e os serviços prestados. Depois do serviço realizado, a nota fiscal entregue pela oficina mecânica deve conter o que foi disposto no orçamento, como mão-de-obra, serviços, condições de pagamento e data de início e término do atendimento. Isso porque os centros automotivo são obrigados, pelo Código de Defesa ao Consumidor, a garantir os serviços realizados.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Gabriel 19 de março de 2019

    Fui uma vez a uma oficina de confiança do meu pai levar o meu carro e lá eram 3 irmãos… um deles eram muito gente boa, mas os outros dois eram muito mau humorados e ainda um deles me mediu de cima a baixo. Eu queria deixar o carro lá porque vim da Zona Central de São Paulo à Zona Leste e o cara deu o maior piti dizendo pra trazer outro dia com a seguinte frase:
    “Aqui é assim brother… tem que agendar!
    Então eu disse:
    “Não volto mais aqui! A Deus!”

    • Avatar
      Gabriel 19 de março de 2019

      Em complemento:
      Eu estou pagando e o cara ainda me trata mal… me poupe!

Avatar
Deixe um comentário