Mito ou verdade: o carro pega fogo se for estacionado sobre folhas?

De acordo com os especialistas consultados pelo AutoPapo, possibilidade é plausível, mas não se aplica a todos os modelos de veículos

Por Alexandre Carneiro 21/05/19 às 15h30

Incêndios em veículos são, geralmente, provocados por acidentes graves ou por falta de manutenção. Porém, podem ter diversas causas. Existe uma crença popular de que um fator de risco seria estacionar sobre folhas secas, palha, jornais ou qualquer tipo de material inflamável. Isso porque o catalisador, que atinge temperaturas próximas de 1.000 °C, poderia entrar em contato com esses itens, produzindo chamas. Mas, afinal, o carro realmente pega fogo nesse tipo de situação?

Crença popular diz que um carro pega fogo se for estacionado sobre folhas secas, palha, jornais ou outros materiais inflamáveis


Para Ricardo Dilser, consultor técnico do Grupo FCA (Fiat-Chrysler Automobiles), essa possibilidade é plausível, porém pequena e restrita apenas a veículos mais antigos. “Antigamente, existia esse risco, porque o catalisador ficava em posição mais baixa e centralizada no veículo. Hoje, ele fica grudado no motor”, esclarece.

A mudança no posicionamento do catalisador, segundo Dilser, não tem relação com incêndios: trata-se de uma questão ambiental. É que o veículo precisa ter baixos níveis de emissões de poluentes inclusive durante a chamada fase fria. “Quando você dá partida, o catalisador tem que atuar rápido. Mais próximo do motor, ele demora menos para atingir sua temperatura de trabalho”, explica.

Carro mais novo não pega fogo nesse tipo de situação

Miguel Zoca, gerente de aplicação de produto da fabricante de catalisadores Umicore, também condiciona o risco de incêndio aos veículos mais antigos. “Essa recomendação existia nos anos 90, quando o catalisador chegou ao Brasil”, afirma. Ele chega até a lembrar de alguns casos de carros que pegaram fogo durante a última década do século passado.

Entretanto, o especialista da Umicore pondera que, atualmente, esse risco é praticamente nulo. “Há algum tempo, os catalisadores vêm equipados com um defletor, que protege o veículo”, destaca. Esse componente tem justamente a função de isolar termicamente o escapamento do ambiente externo.

Portanto, o carro só pega fogo ao ser estacionado sobre material inflamável se for um modelo antigo, fabricado nos anos 90. Aos proprietários desses veículos, fica a dica de evitar esse tipo de situação. E, a todos os motoristas, de não descuidar da manutenção. Afinal, um vazamento de combustível pode ser muito mais perigoso do que folhas secas sob o catalisador.

Foto Shutterstock | Reprodução

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (5 votos, média: 4,60 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Deuzir Aparecida de lima 13 de outubro de 2019

    Boa tarde
    É muito importante essas informações , sempre leio

Avatar
Deixe um comentário