DOT do pneu: código de identificação mudou no Brasil

O código numérico do Department of Transportation, também usado em todos os pneus do Brasil, mudou - saiba interpretar o novo formato

Por AutoPapo21/05/19 às 21h30

O DOT do pneu é um código alfanumérico usado para indicar diversas informações sobre o componente, incluindo sua data de validade. Agora, no Brasil, esse código passou a adotar um novo formato.

É importante se manter atualizado com a mudança, já que pneus são fundamentais na preservação da segurança ao volante. “Conhecer o DOT é como ter acesso à carteira de identidade de um pneu”, explica Rafael Astolfi, gerente de assistência técnica da Continental

No novo formato, o código tem 13 dígitos e indica, também, a planta na qual foi fabricado. Logo após a marcação da sigla, que significa Department of Transportation, o primeiro número indica a fábrica.

Veja, na imagem abaixo, um exemplo da Continental.

O código numérico DOT do pneu, usado em todos os pneus do mundo e no Brasil, mudou - saiba interpretar o novo formato para escolher o pneu certo.
(Continental | Divulgação)

A fabricante é indicada pelos três primeiros dígitos. Anteriormente, eram apenas dois. Agora, esses três números mostram qual é a empresa e também a fábrica que produziu o pneu. No exemplo, 165 indica a Continental de Camaçari, na Bahia.

Esses mesmos três números são os mesmos em todo o mundo. Se uma fabricante fechar uma planta de produção, ela pode reutilizar o código para outra localidade. Contudo, não é possível transferi-lo para outra fabricante.

De acordo com a Continental, foi necessária a adoção de três dígitos para essa informação devido ao grande número de novas fabricantes buscando registro.

No novo DOT, medida e modelo do pneu são indicados juntos

Outra mudança no novo formato é que a medida e o modelo do pneu passaram a ser indicados juntos no DOT. Anteriormente, essas informações apareciam separadas. “Ele define a medida do pneu e o modelo, sendo que agora essas informações estão todas juntas em um só bloco”, detalha Astolfi.

Por fim, os últimos números do DOT do pneu indicam a data de fabricação daquela unidade. Os dois primeiros são a semana, e os dois últimos são o ano. No exemplo acima, a fabricação ocorreu na décima segunda semana de 2018.

A partir disso, é possível saber a data de validade do pneu. Considera-se que o componente não deve ser utilizado após 5 anos de sua produção. Veja mais detalhes no vídeo abaixo.

Pneus também têm outras características

Além do DOT do pneu, há outros dados sobre o componente que também devem ser consultados na hora da substituição. As dimensões do pneumático fazem parte deles, e são indicadas por uma gravação como 185/55R16. Essas são a largura em milímetros, a altura em porcentagem e o diâmetro da roda em polegadas.

O código numérico DOT do pneu, usado em todos os pneus do mundo e no Brasil, mudou - saiba interpretar o novo formato para escolher o pneu certo.
(AutoPapo)

Também é importante conhecer a descrição de serviço do pneu, o tipo de construção e se o componente é simétrico ou assimétrico. Você pode conhecer tudo sobre as características dos pneus com esta matéria, que pode te ajudar na hora de escolher os substitutos certos.

Nós também já falamos sobre alterar o tamanho de rodas e pneus aqui.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (6 votos, média: 3,83 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    S.fernandes 5 de julho de 2019

    Tenho uma Meriva , uso pneus 175 70 14, posso trocar para pneus com a medida 185 65 14

    • AutoPapo
      AutoPapo 8 de julho de 2019

      Olá,

      Neste caso, o diâmetro total ficará quase igual, então a troca é possível.

  • Avatar
    Pércio Guimarães Schneider 25 de junho de 2019

    É validade, sim. Porém contada a partir da data de fabricação, uma vez que a borracha mesmo o pneu não estando em uso vai envelhecendo. E o prazo pode variar de um fabricante para outro. A Continental já ofereceu pneus com 7 anos de garantia

  • Avatar
    Paulo Imhoff 22 de maio de 2019

    Então pneu tem “validade”? Não seria garantia de 5 anos contados a partir da nota ao consumidor final?

Avatar
Deixe um comentário