Comparativo: Chery New QQ ACT x Renault Kwid Zen

Menos caros e rudes

Por Paulo Eduardo06/01/18 às 18h45

Renault Kwid e Chery QQ são modelos de acabamento muito simples e disputam a preferência dos que não querem investir muito ou estão à cata somente de um meio de transporte para ir de um ponto a outro na cidade. Trafegar na estrada exige prudência, pois são suscetíveis à instabilidade provocada por ventos fortes. O conforto é limitado. Anatomia dos bancos provoca cansaço se for longa a permanência dentro deles. Entretanto, são muito ágeis no trânsito urbano até com ar-condicionado ligado. Equipados com motores de 1.000 cm³ de cilindrada e de três cilindros – de maior eficiência energética do que os antigos de quatro cilindros – ambos são avessos a frequentar posto de combustíveis. Andam bem e consomem pouco. Equipamentos de conforto são raros na versão intermediária, Zen, do Kwid. A versão topo de linha, ACT, do QQ está mais bem equipada. Comparamos a versão mais sofisticada do chinês feito no Brasil contra a intermediária do nacional de origem indiana e fabricado por uma francesa. Porém, a diferença de preço entre eles é significativa. São exatos R$ 5 mil a menos que custa o QQ.

Design/acabamento

Comparativo Renault Kwid e Chery QQ

Renault Kwid e Chery QQ têm acabamento simples, com plásticos duros no painel central e forrações de porta. O forro do teto do Kwid não demora a soltar fiapos. A espuma dos bancos do QQ é macia demais e dá a sensação de menor durabilidade. O Kwid tem carroceria mais bonita e em sintonia com os tempos de reinado absoluto dos SUVs em todo o mundo. O que destoa no QQ é a parte central do teto mais alta. Faróis e lanternas grandes não são desproporcionais.

Comparativo Renault Kwid e Chery QQ

Motor/desempenho

Comparativo Renault Kwid e Chery QQ

Um item em desuso e insistentemente mantido pela Renault dá a vitória ao QQ. Esse não tem tanquinho de partida a frio como o Kwid. Os motores desses carros são eficientes, proporcionam bom desempenho e consomem pouco. Desempenho é o que têm de melhor. São muito ágeis na cidade. O conjunto motor/transmissão desses carros é ruidoso, principalmente em rotações mais altas. O Renault Kwid é bem mais leve (779 kg contra 936 kg do Chery New QQ). A relação peso/potência é de 11,2 contra 12,4. Por isso, o Kwid anda um pouco mais.

Comparativo Renault Kwid e Chery QQ

Suspensão

Comparativo Renault Kwid e Chery QQ

Não transferem muito forte nem filtram completamente as imperfeições do piso. Renault Kwid e Chery QQ sofrem muito com as ondulações, sendo desconfortáveis em determinadas situações. O Kwid tem altura elevada em relação ao solo e ângulos de ataque e saída de modelos aptos para o fora de estrada. São 18 cm de altura do solo contra 13 cm do QQ. Não esbarra em rampa de garagem, assim como o QQ. Entretanto, esse atributo tem preço: estabilidade. O Renault levanta a roda fácil em curva fechada. O Chery não transmite confiança também. Curva exige atenção. A suspensão do Kwid tem curso curto. Ambos usam sistemas simples de suspensão, que oferecem conforto limitado e dispensam arroubos ao volante.

Comparativo Renault Kwid e Chery QQ

Direção

Comparativo Renault Kwid e Chery QQ

Assistência elétrica no Renault Kwid e hidráulica no Chery QQ, que tem manutenção mais cara e exige cuidado. A calibragem privilegia a leveza, deixando-as apropriadas à cidade. Na estrada, ao menor movimento o carro muda a trajetória. Como esses dois modelos são essencialmente voltados para uso urbano… Colunas de direção são fixas. Nada de regulagens. Volantes têm boa pega. O Chery tem diâmetro de giro menor (9,5 m contra 10 m do Renault). Isso quer dizer mais facilidade ainda de manobrar em espaço reduzido. A diferença de 0,5 m não desqualifica o Renault.

Espaço interno/ergonomia

Comparativo Renault Kwid e Chery QQ

O Renault Kwid é mais comprido e o maior entre-eixos implica em mais espaço para pernas no banco traseiro. O Chery QQ tem maiores altura e largura. Passageiros mais altos não esbarram a cabeça no teto. Entrar e sair do Kwid exige abaixar a cabeça, principalmente no banco traseiro. Acesso ruim. No New QQ, os comandos elétricos dos vidros dianteiros são pequenos e localizados no console. Enquanto os traseiros ficam atrás do freio de mão. Praticidade nenhuma. Os dos vidros dianteiros do Kwid ficam no console central. Inadequados também. Difícil no Chery é tirar o estepe. Operação chata e complicada. Os assentos do QQ são mais compridos e apoiam melhor as pernas. Acionar o pedal da embreagem do QQ exige esforço da musculatura da perna por estar mais distante.

Comparativo Renault Kwid e Chery QQ

Porta-malas

Comparativo Renault Kwid e Chery QQ

Assumidamente urbano e com menor comprimento, o Chery tem apenas um pequeno espaço atrás do vidro traseiro, que é também a tampa. Aproveitando-se do comprimento maior, o Renault tem porta-malas excelente para suas dimensões. Os 22 centímetros a mais no comprimento do Kwid estão no maleiro. Vidro traseiro do New QQ e tampa do Kwid podem ser abertos por alavancas dentro do carro.

Tecnologia/segurança

Comparativo Renault Kwid e Chery QQ


Tecnologia é simples nos dois carros. As portas não destravam ao acionar as maçanetas internas, sendo preciso acionar comando no painel no Renault Kwid, ou puxar o pino da porta no Chery QQ. Aliás, os dois carros têm pino de travamento nas portas, que está em desuso. Nada de multimídia. Pelo fato de ser versão topo de linha, o QQ está equipado com vidros elétricos em todas as portas com um toque na descida, retrovisores com acionamento elétrico e regulagem elétrica de facho de farol.

Ambos têm sistema Isofix de fixação de cadeiras infantis no banco traseiro. Além dos airbags frontais e ABS obrigatórios por lei, o Kwid traz os laterais que ajudaram na conquista das três estrelas no teste de impacto do Latin NCAP. O Chery ainda não passou pelo teste para medir a resistência da carroceria aos impactos. São apenas dois apoios de cabeça no banco traseiro e cinto central abdominal nos dois. Cumprem apenas o que determina a lei. Visibilidade traseira do Kwid é péssima pela largura da coluna C. Há situações de ponto cego total. O Renault não tem alças laterais acima das janelas. O QQ tem. Freios dão conta do recado.

Custo/benefício

Para os que querem gastar menos na compra de um carro e rodam apenas na cidade, os dois modelos estão entre as opções disponíveis. E os valores de manutenção menores são coerentes com o preço de custo. A garantia deles é de três anos. O trunfo é o baixo consumo de combustível nos dois carros. Porém, o Chery QQ ACT tem preço sugerido de R$ 31.490 diante dos R$ 36.490 do Renault Kwid Zen. Diferença significativa de R$ 5 mil a favor do chinês.

Comparativo Chery New QQ ACT x Renault Kwid Zen

Comparativo Renault Kwid e Chery QQ

4 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Carmen lucia 14 de junho de 2018

    Então esse carro kwid ou chery são péssimos para quem tem problema de coluna! Eu tinha um Fort fiesta ele era ótimo para viagem, os bancos eram excelentes e tinha uma voa estabilidade.

  • Vinícius 6 de maio de 2018

    São 6 mil reais de diferença do QQ ACT para o Kwid Zen. O Kwid tem airbag lateral e mais espaço no porta-malas. O QQ tem muito mais espaço interno que o Kwid, muito mais itens de série e valor menor. Perde no número de concessionárias, sem dúvida. Mas na relação custo x benefício, acho difícil um carro de entrada, que custa quase 6 mil a mais, valer mais a pena. Abraços!

  • Roneival Gonçalves de Araújo 23 de abril de 2018

    ola ainda sim estou na dúvida, entre o chery qq act, ou kwid zem, porque ambos tem os defeitos em matéria de estabilidade, mas se o motorista andar a 80 sendo a velocidade máxima acredito que não haverá problemas; mas quero saber pelo conjunto do análise qual devo comprar o kwid zen ou chery qq act?

    • Felipe Boutros 24 de abril de 2018

      Olá, Roneival. Obrigado por prestigiar o AutoPapo. Por favor, envie a sua pergunta no Boris Responde

Deixe um comentário