Fiat Mobi Picape começa a sair do papel

Tudo indica que derivada do Projeto X1P será "tapa-buraco" na espera por nova Strada

Por AutoPapo05/03/18 às 15h55

Nossos parceiros do Autos Segredos desvendaram mais informações sobre o Fiat Mobi Picape. O utilitário vem sendo planejado desde o ano passado, com o codinome de Projeto X1P. Desde então, o esboço foi aprovado e tudo indica que a picape já começou a sair do papel na fábrica de Betim, em Minas Gerais.

fiat mobi picape projeção autos segredos
(Autos Segredos)

A Fiat já fechou encomendas com diversos fornecedores, e a data limite para a entrega do veículo teria sido marcada para o fim deste ano. Possivelmente, uma versão conceitual do Fiat Mobi Picape já estará no próximo Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro. O modelo deve chegar ao mercado em 2019.

Segundo nossos parceiros apuraram, a novidade deve ser construída sobre uma plataforma mista. A dianteira será feita sobre a base 327, usada no Uno. De acordo com uma fonte consultada pelo Autos Segredos, “o Mobi nada mais é do que um Uno encurtado”. Já na traseira, a picape do Mobi receberá a base do veterano Fiorino. Especula-se que haverá duas opções de cabine, simples e estendida.

Ainda não se sabe como será o design do utilitário, mas alguns detalhes podem ser tidos como certos. Na dianteira, o Fiat Mobi Picape terá para-choques novos, diferentes dos que já conhecemos no subcompacto. O comprimento e largura devem ser aproximados aos do Fiorino.

O motor deve ser o Firefly 1.3l, com 101 cv de potência e 13,7 kgfm de torque quando abastecido com gasolina. A transmissão será a manual de cinco marchas ou a automatizada GSR com cinco velocidades. Também é possível que a picape tenha uma versão com propulsor Firefly 1.0l, que oferece 72 cv de potência e 10,4 kgfm de torque. Protótipos da novidade devem ser colocados em testes nos próximos meses.

Embora houvessem especulações de que a picape do Mobi tomaria o lugar da Strada na linha da Fiat, aparentemente, isso não vai ocorrer. A italiana teria aprovado novos investimentos no fim de 2017 que darão à picape do Palio uma nova geração, embora o hatch de quem se derivou tenha saído de linha. A nova Strada, entretanto, só chegará em 2022. Tudo indica que, até lá, a picape do Mobi – sobre a plataforma “frankenstein” – será usada como “tapa-buraco”.

4 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • SIGI VILARES 18 de abril de 2018

    TOP…

  • Sérgio Adriano Moreira Martins 16 de março de 2018

    Na possível versão 1.0, poderia vir com algum tipo de redução, onde o motorista teria um auxílio de força em casos onde a pickup estiver com carga e pesada.

  • Samuel Meira 6 de março de 2018

    Seria legal, se a Fiat melhorasse esse motor, acionando turbo de acionamento por baixa pressão de acionamento para aumentar o torque e potencia e reforçar suspensão e a caçamba para supontar mais peso de carga.

  • Alexandre Bueno 6 de março de 2018

    Esta frase está errada: “Especula-se que haverão duas opções de cabine, simples e estendida.” O verbo haver, no sentido de existir, é inflexível. O correto é “Especula-se que haverá duas opções de cabine, simples e estendida.”

Deixe um comentário