Argo turbo, novo SUV e Toro reestilizada: novidades Fiat até 2020

Carro-conceito Fastback e showcar Sting, que estão expostos no Salão do Automóvel de São Paulo, antecipam novidades que a marca italiana está preparando

Por AutoPapo12/11/18 às 14h44

As principais novidades da Fiat para os próximos anos não estavam no Salão do Automóvel de São Paulo, que vai receber o público até o dia 18. Mas no estande da fabricante na mostra, alguns carros expostos dão pistas do que ela colocará até 2020 nas ruas.

O carro-conceito Fastback, principal atração da marca na mostra paulistana, antecipa como será a reestilização pela qual a picape Toro vai passar e que será lançada em 2020. Além disso, indica como será o SUV Toro, aguardado utilitário-esportivo da marca que, especula-se, terá capacidade para sete ocupantes.

Conceito Fastback vai dar origem a SUV da Fiat

Outro SUV que deverá ser lançado pela Fiat até 2020 será montado sobre a plataforma MP1, que hoje é utilizada pelo Argo. Menor que o SUV Toro, ele terá capacidade para cinco ocupantes. Dele, também vai derivar um “mini-Jeep” (ou “Jeep Júnior”), chamado internamente de projeto 515.

Antes dessa leva de SUVs, a marca lançará, no começo de 2019, a versão “aventureira” do Argo, semelhante ao que ela já fez no passado com a linha Adventure.

Novos motores e Argo Abarth

Além de novos modelos, a Fiat Chrysler (FCA) vai investir em uma nova linha de motores. A fabricante vai lançar em 2020 o Firefly 1.3 turbo, com três faixas de potência: 150 cv, 180 cv e 220 cv.

Além de equipar os novos SUVs que serão lançados com o novo motor Firefly 1.3 turbo, a Fiat preparar uma versão esportiva do Argo que, possivelmente, vai resgatar o sobrenome Abarth no nosso mercado. Fiat Stlio e o 500 já foram vendidos por aqui em versões Abarth.

Um indicativo de como seria, visualmente, esse o Argo Abarth é o showcar Sting, que está exposto no estande da Fiat na mostra paulista.

Nova picape Fiat

A nova picape, substituta da Strada, é outro modelo que deverá ser lançado até 2020. Alguns protótipos já estão rodando em testes. A 2810, como é chamada internamente, será um modelo híbrido. Na parte dianteira, a suspensão tem a mesma travessa do Argo, porém, os braços são novos e reforçados. Já a suspensão traseira será a mesma da atual Strada.

Em termos de plataforma, a nova picape terá a frente do Mobi (plataforma 327) e a traseira da Fiorino. As mulas de testes usam a dianteira do Mobi e a caçamba da Strada.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
6 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Gabriel 14 de novembro de 2018

    Na verdade, como foi falado pela própria marca, ela não busca mais ser uma marca popular que se importa apenas com números e passou a se importar em produzir carros com mais qualidade e design e também explorar novos setores automotivos.

  • Avatar
    Adrian 13 de novembro de 2018

    A Fiat sinceramente se perdeu ao tentar deixar de ser popular… As queda de vendas e participação no mercado revelam isso… Tosca essa imitação de BMW X4… Fiat…acorda… Não perca suas raizes.

    • Avatar
      Gabriel 14 de novembro de 2018

      Na verdade, como foi falado pela própria marca, ela não busca mais ser uma marca popular que se importa apenas com números e passou a se importar em produzir carros com mais qualidade e design e também explorar novos setores automotivos.

    • Avatar
      Michel Coutinho 7 de janeiro de 2019

      Nada haver seu comentário,a Fiat é uma gigante mundial, não pode se limitar a carros populares,tem que evoluir mesmo,a queda nas vendas é por conta da grande concorrência no mercado, várias marcas fazendo bons carros,quem era Hyundai? Kia? Era marcas que ninguém queria,se reinventaram e se modernizaram e hoje são grandes marcas,a Fiat vem buscando isso,aos poucos abandonar fama de carro popular e fazer carros luxuosos também.

  • Avatar
    Sigeberto Ribeiro Lima 12 de novembro de 2018

    Por dezenove anos meus carros foram Fiat, até o penúltimo Siena adquirido em 2010. Mudei porque não havia inovação por completo. Agora estou vendo a reação a partír da nova motorização que estar por vir. É aguardar para ver e conferir.

  • Avatar
    Rodrigo Couto 12 de novembro de 2018

    Muito lindo esse Argo amarelo, imagina esse carro com motor 220cv um monstro!!ser que vão mudar os freios dele tb?

Avatar
Deixe um comentário