Quais os melhores porta-malas entre os SUVs compactos para PcD?

Avaliamos os porta-malas dos SUVs para PcD levando em conta, além do tamanho, a acessibilidade ao compartimento

Por Alessandro Fernandes 17/02/20 às 15h47

Na hora de comprar um carro, quem usa cadeira de rodas ou algum outro aparelho para se locomover deve levar em consideração o tamanho do porta-malas. E se tiver filhos, precisa de espaço em dobro, pois bagagem de criança nunca é pequena – eles querem levar tudo que tem quando viajam.

Neste contexto, os SUVs vem a calhar para pessoas com deficiência, pois seus porta-malas costumam ser mais altos e sua tampa removível, o que possibilita, muitas vezes, colocar uma cadeira de rodas sem desmontar, rebatendo apenas seu encosto – no caso das monobloco.

Porém, o que dita se vai caber ou não uma cadeira ou outro aparelho não é somente o tamanho, mas principalmente o formato. Os que são mais “quadrados” e que não tem revestimento volumoso nas laterais facilitam sua acomodação.

VEJA TAMBÉM:

Há que se considerar ainda a altura da base do porta-malas em relação ao chão, pois se for muito alta, precisará fazer mais esforço para elevar os objetos que forem ser acomodados lá dentro. Se for uma cadeira de rodas, maior será a dificuldade.

Neste ranking, eu elegi os melhores porta-malas dos 10 SUVs compactos disponíveis para PCD hoje no mercado nacional com isenção total, ou seja, de IPI e ICMS, baseado na experiência que tive ao fazer test drive em todos eles, quando pude testar com minha cadeira de rodas, uma TiLite ZR monobloco tamanho 44.

Quem não usa cadeira terá nesta lista uma boa noção do que comportam estes modelos. Confira a lista, do melhor para o pior!

1. Renault Duster

Porta-malas bom para PcD: Renault Duster Foto Alessandro Fernandes | Divulgação

O melhor SUV para acomodar uma cadeira de rodas é também o que tem o maior porta-malas entre os SUVs compactos. O Duster tem 475 litros, cabe uma cadeira de rodas montada e ainda sobra bastante espaço para bagagem embaixo da cadeira e nas laterais.

Sua base é um pouco alta em relação ao chão, mas nada que dificulte a colocação e retirada da cadeira.

2. Renault Captur

Porta-malas bom para PcD: Renault Captur Foto Alessandro Fernandes | Divulgação

O segundo da minha lista é outro Renault, o irmão de plataforma do Duster, e que tem também o segundo maior porta-malas. São 437 litros e o formato ajuda para caber tranquilamente vários modelos de cadeira, deixando ainda um bom espaço para bagagens.

3. Nissan Kicks

Porta-malas bom para PcD: Nissan Kicks Foto Alessandro Fernandes | Divulgação

O porta-malas do Kicks tem as mesmas boas características do carro anterior, bom tamanho e formato. Por isso seus 432 litros acomodam com facilidade uma cadeira monobloco rebatendo apenas o encosto e ainda deixa um bom espaço em volta dela para levar bagagens.

Além disso, a base baixa não demanda muito esforço para elevar a cadeira até lá dentro.

4. Chery Tiggo 2

Porta-malas bom para PcD: Chery Tiggo 2 Foto Alessandro Fernandes | Divulgação

Com 420 litros, o porta-malas do Tiggo 2 está acima da média da categoria e oferece uma boa litragem, e ainda um bom formato, que permite colocar uma cadeira monobloco montada.

Porém a base da tampa do porta-malas é alta, o que dificulta a colocação da cadeira, sendo necessário elevar bastante a cadeira para colocar, e a mesma dificuldade aparece para retirá-la. Mas não dá para negar que sobra um bom espaço para bagagem.

5. Peugeot 2008

Porta-malas bom para PcD: Peugeot 2008 Foto Alessandro Fernandes | Divulgação

Apesar de não ser dos maiores – é o terceiro menor, com apenas 355 litros – o formato do porta-malas do Peugeot 2008 favorece a colocação de uma cadeira de rodas, que mesmo sendo grande (tamanho 44 de largura) cabe inteira, sem retirar as rodas, rebatendo somente o encosto.

Com a cadeira montada, o espaço embaixo dela e nas laterais pode ser melhor aproveitado. Por isso o SUV francês leva o quinto lugar.

6. Jeep Renegade

Porta-malas bom para PcD: Jeep Renegade Foto Alessandro Fernandes | Divulgação

Um dos pontos fracos do Renegade como SUV é a baixa litragem do porta-malas, de apenas 320 litros, a menor do segmento.

Porém, devido ao formato mais “quadradinho” da carroceria do Jeep, é possível colocar uma cadeira de rodas monobloco tamanho 44 retirando apenas uma roda e encostando-a no banco traseiro. E a roda retirada cabe facilmente atrás da cadeira, deixando um bom espaço embaixo e na outra lateral para bagagem.

Cadeiras menores cabem inteiras! Por isto ele fica num bom sexto lugar.

7. Hyundai Creta

Porta-malas bom para PcD: Hyundai Creta Foto Alessandro Fernandes | Divulgação

Apesar de ter o quarto maior porta-malas da categoria com 431 litros, seu formato e a cobertura plástica interna da tampa não ajudam na colocação de uma cadeira de rodas, sendo necessário desmontar as duas rodas e rebater o encosto.

Com a cadeira nesta configuração, o espaço que sobre fica bem mais limitado para bagagem. Ainda assim, devido à boa litragem, o Creta encabeça a lista dos porta-malas que só cabem cadeiras desmontadas.

8. Volkswagen T-Cross

Porta-malas bom para PcD: VW T-Cross Foto Alessandro Fernandes | Divulgação

Com uma litragem modesta, mas expansível, o último SUV compacto para PcD lançado no mercado nacional tem como ponto fraco a litragem do porta-malas.

Mas seus 373 litros originais podem chegar aos 420 litros se a posição do banco traseiro for alterada. Ainda assim não cabe uma cadeira monobloco 44 montada, nem tirando apenas uma roda, e com as duas rodas sobre a cadeira o volume para bagagem fica reduzido.

Conhece o T-Cross? Avaliamos a versão top de linha, a Highline. Confira:

9. Citröen C4 Cactus

Porta-malas bom para PcD: Citroën C4 Cactus Foto Alessandro Fernandes | Divulgação

Empatado em último lugar em litragem com o Renegade, com 320 litros, o Cactus tem o mesmo problema do Tiggo 2 na hora de guardar uma cadeira, e, na verdade, qualquer bagagem: base muito alta, sendo necessário elevar qualquer coisa que for colocar lá dentro.

E com uma litragem tão modesta, não sobra muito espaço além da cadeira. Só não fica em último lugar porque o formato permite deixar as rodas sobre a cadeira.

10. Ford EcoSport

Porta-malas bom para PcD: Ford EcoSport Foto Alessandro Fernandes | Divulgação

O quarto menor volume de porta-malas entre os SUVs compactos, com 356 litros, não ajuda na hora de guardar uma cadeira de rodas. É preciso desmontar ela toda, e o formato não permite nem mesmo guardar as rodas sobre a cadeira, elas precisam ficar empilhadas, dificultando a visibilidade do motorista.

A forma de abrir o porta-malas, para o lado, ao invés de para cima, não ajuda na hora de guardar a cadeira porque pode dificultar ao estacionar em uma vaga para deficientes, estendendo o espaço necessário atrás do veículo. Por estes motivos, o Ecosport fica em último lugar no ranking.

Fotos Alessandro Fernandes | Divulgação

SOBRE
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Antonio Ribeiro 1 de março de 2020

    Nenhum desses se compara ao SPIN 5 lugares que não é SUV, tudo bem, mas é o mais prático de todos. O único defeito é que o porta malas tem um ressalto que obriga a levantar a cadeira de rodas um pouco mais para encaixar a cadeira. Examinei todos esses aí de cima e optei pelo SPIN em 2018 e agora quando for trocar vou comprar outro SPIN. O ideal mesmo seria o DOBLÔ, mas além de estar muito além dos R$ 70 mil, só tem manual e está também saindo de linha.

  • Avatar
    Pedro 19 de fevereiro de 2020

    No Creta coloco minha cadeira monobloco sem desmontar

  • Avatar
    Eduardo Yukio 18 de fevereiro de 2020

    Excelente matéria, parabéns

    • Avatar
      Alessandro Ribeiro Fernandes 20 de fevereiro de 2020

      Obrigado Eduardo! Cadeiras menores cabem na maioria dos porta malas de SUVs.

Avatar
Deixe um comentário