50/50 é proporção ideal para misturar gasolina e etanol?

Tudo depende das pretensões e dos objetivos do motorista; abastecer com maior quantidade de um ou outro combustível traz diferentes vantagens

Por AutoPapo01/09/18 às 09h00

Uma das recomendações frequentes em relação ao carro flex é misturar gasolina e etanol na proporção 50/50. Ou seja, abastecer com os dois combustíveis, metade para cada um.

Pode ou não ser a melhor opção. Antes de mais nada, é preciso deixar claro: veículos flex podem funcionar com os dois combustíveis de modo separado ou com a mistura de ambos em qualquer proporção. Portanto, não há qualquer tipo de inconveniente técnico em misturar gasolina e etanol na proporção que for da preferência do proprietário. Ou ainda ao abastecer com um ou outro isoladamente.

Para misturar gasolina e etanol, deve-se seguir proporção?
Foto Volkswagen | Divulgação

Ademais, vale lembrar também que, por força da legislação, a gasolina brasileira tem 27% de etanol em sua composição. Desse modo, o consumidor nunca abastecerá, ao menos dentro do território nacional, com gasolina pura. A mistura entre ambos é feita diretamente nas refinarias e distribuída aos postos. Por outro lado, o álcool hidratado, disponível nas bombas, não traz adição de outro tipo de combustível, mas contém 7% de água.

Vantagens e desvantagens

Etanol: Abastecer apenas com etanol confere maior desempenho ao motor. Porém, aumenta o consumo. Outra vantagem do etanol é que seu percentual de carbono é cerca de 1/3 que o da gasolina. Por isso, sua combustão praticamente não deixa depósitos carboníferos no motor. Além do mais, emite menos gases nocivos à atmosfera. Como sua fonte, a cana-de açúcar, é renovável, os benefícios ambientais acabam sendo ainda maiores.

Gasolina: Não há aumento de potência, porém o motorista perde menos tempo no posto para abastecer, pois o consumo é menor.

Se, por outro lado, o objetivo do motorista é financeiro, ou seja, obter o menor custo por km rodado, deve-se então avaliar qual combustível reduz este custo. Esse cálculo é obtido a partir de um índice que varia de 70% a 75% de diferença de consumo entre os dois combustíveis num mesmo motor.O motorista precisa fazer as contas e descobrir este índice para, então, calcular se é mais vantajoso abastecer com gasolina ou etanol.

O mercado adotou – há tempos – como padrão uma diferença mínima de 70% para que o combustível vegetal seja vantajoso em relação ao derivado do petróleo. Ou seja, se o litro de etanol custar até 70% do valor da mesma quantidade de gasolina, é melhor optar por ele. Entretanto, estudos recentes indicaram que este percentual pode variar até 75% em função dos aperfeiçoamentos dos motores flex e do próprio etanol.

Vale a pena misturar gasolina e etanol?

Esclarecidos esses pontos, destaca-se que podem existir vantagens em misturar gasolina e etanol.

50/50 é proporção ideal para misturar gasolina e etanol?
Foto Marcello Casal Jr | Agência Brasil

Em primeiro lugar, ao se adicionar 30% de gasolina no etanol, o proprietário terá mais facilidade em fazer o carro pegar em manhãs frias. Pois, quando as temperaturas estão abaixo de 15ºC, o etanol tem dificuldade em se vaporizar e dificulta a partida do motor. Nos EUA, o etanol já é comercializado com 15% de gasolina e por isso é chamado de E 85. No inverno, contudo, a proporção é aumentada para 30%.

Finalmente, quanto à dica de abastecer com partes iguais dos dois combustíveis, a ideia é de se obter um pouco mais de desempenho perdendo apenas um pouco da autonomia. Um pouco da vantagem de cada um na mistura de 50/50 de gasolina e etanol, numa posição do tipo “em cima do muro”.

7 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Marcos Pereira 20 de setembro de 2018

    Tenho lido está coluna e sanado dúvidas. Obrigado pela seriedade. Tenho Aircross flexível uso etanol na estrada avaliando preços ele tem mostrado no computador de bordo 9km/l

  • José Ricardo Almeida Paula 1 de setembro de 2018

    Não vejo vantagem de se trabalhar esta proporção 50/50! O preço final a ser pago na bomba, ainda será alto e o carro ainda terá um consumo menor. Levando-se em consideração que no caso da gasolina, aproximadamente 3/4 do litro é gasolina e 1/4 é álcool, o consumidor terá que colocar mais 1/4 de álcool para se aproximar dos tais 50/50, ou 2/4 do tanque…pelo valor da gasolina e do álcool, não vejo vantagem nem financeira e muito menos de consumo. Hoje, no Rio, principalmente na região que eu moro, Grande Méier, o álcool está custando algo em torno de R$ 3,00…coloquei, na quinta-feira passada a R$ 2,87, preço promocional, no posto Shell, próximo ao Shopping Nova América, enquanto a gasolina, está com um preço médio de R$ 4,75, tendo uma razão média de 0,63…e o consumo no álcool, andando sempre na cidade, gira entre 6,5 a 7,5 km/l e na gasolina 8,5 a 10 km/l, resolvi usar o álcool.

    • Josue Ferreira dos Santos 3 de setembro de 2018

      Concordo com vc Ricardo, na escolha do combustivel, tb optei pelo Etanol 9aqui em SP está em torno de 60 % da Gasolina).

      Porém como aqui o clima é mais frio, sempre adiciono 20 % de gasolina para facilitar a partida e funcionamento com o motor frio.

  • Samarone 1 de setembro de 2018

    Mas, se a gasolina já tem 27% de Etanol, ao abastecer 50/50 teoricamente teremos mais Etanol que Gasolina.

    • Erley Rodrigues 3 de setembro de 2018

      Basta descontar do volume a ser abastecido com álcool a porcentagem existente na gasolina. Aí você tem a proporção 50/50.

  • Joelino pessoa de oliveira 1 de setembro de 2018

    Bom dia tenho um carro Chevrolet a gosolina 1.8 ingecao não e flex posso misturar álcool na gasolina ??

    • Felipe Boutros
      AutoPapo 2 de setembro de 2018

      Olá, Joelino

      Não! Se o seu carro é a gasolina, ele terá problemas de detonação (batida de pino) se misturar álcool à gasolina. Além disso, o álcool vendido na bomba tem 7% de água, o que vai prejudicar o sistema de alimentação do automóvel.

Deixe um comentário