Nissan lança Versa PcD por R$ 68.840

Configuração batizada como Direct tem como base a SL 1.6 16V CVT e traz, inclusive, sistema de infotenimento com CarPlay e Android Auto

Por AutoPapo20/09/18 às 12h34

A Nissan lançou o Versa 1.6 SL Direct, versão do sedã compacto voltada para o mercado de Pessoas com Deficiência (PcD). Com preço de tabela de R$ 68.840 para a pintura sólida, de acordo com a Nissan, o Versa PcD pode ser comprad0 por R$ 53.237 com as isenções legais de IPI e ICMS.

Baseada na versão SL do sedã, o Versa PcD traz de série banco do motorista com ajuste de altura, banco traseiro rebatível, direção elétrica progressiva com regulagem de altura, freios ABS com controle eletrônico de frenagem (EBD) e assistência de frenagem (BA) e vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico com função um toque para descida no lado do motorista.

Equipamentos do Versa PcD

Além disso, o Versa PcD tem bancos e volante com acabamento em couro, ar-condicionado automático digital, câmera traseira com imagem integrada no display do rádio, central multimídia Multi-App com CarPlay e Android Auto, computador de bordo, direção elétrica com regulagem de altura, farol de neblina, maçanetas externas cromadas, retrovisores externos elétricos na cor do veículo com luzes indicadoras de direção, rodas de liga-leve de aro 16 e sistema de navegação integrado ao painel. O câmbio é automático do tipo continuamente variável (CVT).

O motor do Versa PcD é o 1.6 16V flex que rende 111 cavalos de potência a 5.600 rpm e entrega um torque de 15,1 kgfm a 4.000 rpm, com qualquer um dos dois combustíveis.. O porta-malas comporta 460 litros de bagagens.

Nissan Versa 1.6 Direct SL é o Versa PcD

Quem pode comprar carro PcD?

O direito à isenção para PcD é garantido pela Lei 8.989, de 24 de fevereiro de 1995 e é válido até dezembro de 2021. A soma das dispensas dos encargos, Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou Relativas a Títulos ou Valores Mobiliários (IOF),  pode chegar a 20% ou 30% do valor do veículo escolhido. Além das isenções, as PcD que moram em São Paulo ficam fora do rodízio municipal.

Foto Nissan | Divulgação

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário