Onix Plus tem entregas suspensas; modelo pode pegar fogo

Informação foi publicada pelo portal de notícias G1, que teve acesso a um comunicado interno enviado pela General Motors (GM)

Por AutoPapo 06/11/19 às 12h57

Depois de duas unidades do Chevrolet Onix Plus – o sedã mais vendido do Brasil em outubro – pegarem fogo, modelo tem entregas suspensas pela General Motors (GM).

Determinação consta em comunicado interno obtido pelo portal de notícias G1. No documento, fabricante afirma que fará recall e oferecerá veículos alugados aos clientes que compraram unidades envolvidas no chamamento.

O Onix Plus foi lançado em setembro e já foi emplacado mais de oito mil vezes.

comunicado gm suspensao entregas chevrolet onix plus
Foto G1 | Reprodução

O comunicado, enviado no dia 05 de novembro, diz que os veículos alugados poderão ficar com os consumidores “pelo tempo necessário”.

O problema do Onix Plus

Pelo que diz o documento, “em condições muito específicas de pressão atmosférica, temperatura ambiente, umidade relativa do ar e composição do combustível, (…) o software de gerenciamento do motor pode, eventualmente, apresentar uma falha, com risco de danos ao motor e potencial incêndio”.

Caso o veículo apresente o problema, um alerta visual será emitido no painel de instrumentos, com o acendimento da luz de injeção, ou do motor.

Incêndios

Como noticiado pelo AutoPapo, a primeira unidade do Onix Plus a pegar fogo foi flagrada no pátio da fábrica da Chevrolet em Gravataí, no Rio Grande do Sul.

Nas imagens, é possível notar que o veículo em questão estava fora das vagas de estacionamento, dando a entender que estava sendo manobrado no momento do incêndio.

Na última quarta-feira (30), outro Chevrolet Onix Plus pegou fogo. O incêndio foi filmado pelo proprietário do carro. Confira o vídeo abaixo.

Como é possível observar, as chamas se iniciaram no compartimento do motor, e se alastraram para o restante do automóvel. Ao final, o Onix Plus ficou completamente destruído, não restando bancos, pneus ou, até mesmo, componentes do propulsor.

Procurada pela redação, a Chevrolet não esteve disponível para respostas sobre os incêndios. Atualizaremos esta matéria caso a empresa se manifeste no futuro.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (4 votos, média: 3,75 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Ivan 7 de novembro de 2019

    Será que não vai aparecer alguém pedindo a volta do extintor de incêndio?
    Agora fico imaginando como deve reagir o consumidor, o cara lá que comprou esse carro. Deve ficar muito fulo da vida. Eu ficaria. A imagem do carro fica arranhada pra sempre. Eis que surge o substituto do FIAT Tipo, ou do Fiat Marea, mas o Marea só explodia. Não pega fogo de imediato.

  • Avatar
    André 6 de novembro de 2019

    Mais uma vez lançam o carro e fazem laboratório nas ruas através do consumidor. Tinha tudo pra mexer com a concorrência, agora com um fiasco desse…
    Parece que o consumidor brasileiro nunca é levado a sério!

    • Avatar
      Mateus 7 de novembro de 2019

      Na mosca.. o cara economiza.. brasileiro sempre lascado aí vai lah compra uma porcaria e pega fogo com a família dentro.. ERA meu sonho de consumo.. vou pro CRONOS da Fiat

    • Avatar
      Robson Regis 8 de novembro de 2019

      Não sei porque esse sensacionalismo…infelizmente,midia/imprensa vive disso…em Outubro mês de lançamento,foram vendidos 7.083 Onix plus 1.0 Turbo…apresentou problema em 2…..a fabrica já está resolvendo através de uma atualização do software de cada veículo….o carro é um sucesso e isso não tira o brilho do modelo lançado…..se qualquer um de nós colocarmos Recall de uma Ferrari,de uma Lamborginne….vamos encontrar casos….essas fatalidades acontecem

Avatar
Deixe um comentário