[Recall] Chevrolet Tracker tem problemas na suspensão

Braço de controle dianteiro dos veículos 2017, 2018 e 2019 pode quebrar; peças de reposição também foram afetadas pela falha

Por AutoPapo06/05/19 às 16h45

A General Motors (GM) detectou que, em alguns modelos Chevrolet Tracker produzidos entre 2017 e 2019, o braço de controle dianteiro pode apresentar um cordão de solda fora do especificado. Ao longo do tempo, a não conformidade pode causar fadiga e quebra do componente, fazendo com que o braço inferior de controle se separe parcialmente do veículo.

A falha possibilita que a roda dianteira se desloque da posição original, afetando a dirigibilidade do veículo, aumentando o risco de colisão e comprometendo a segurança de seus ocupantes e terceiros.

Como solução para o problema dos Chevrolet Tracker, a GM propõe a inspeção e eventual substituição do braço de controle dianteiro.

O problema também está presente em algumas peças de reposição. Os proprietários dos Chevrolet Tracker que tenham substituído o Braço de Controle (peça 94540672) entre janeiro de 2018 e 02 maio de 2019 devem procurar a concessionária mais próxima para avaliar as condições de segurança do SUV.

O início do atendimento está previsto para agosto 2019. O serviço tem duração aproximada de duas horas e deve ser agendado pelo telefone 0800-702-4200.

Chassis dos Chevrolet Tracker envolvidos no chamado

  • Ano/modelo: 2017, 2018 e 2019
  • Data de fabricação: 01 de julho de 2017 a 04 de abril de 2019
  • Chassis: de HL270629 a KL354972
Braço de controle dianteiro dos Chevrolet Tracker 2017, 2018 e 2019 pode se quebrar. Peças de reposição também foram afetadas pelo problema.

Veículos que receberam peças em reposição

  • Ano/modelo: 2017, 2018 e 2019
  • Data de fabricação: 30 de janeiro de 2015 a 30 de junho de 2017
  • Chassis: FL187750 a HL276782

O AutoPapo avaliou o Chevrolet Tracker Premier, conheça nossas impressões:

O Tracker, na verdade, é um SUV que está na média: ele não se destaca em nada em relação aos concorrentes, talvez, por isso, ele não chame tanta atenção dos consumidores.

Foto Chevrolet | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (4 votos, média: 3,50 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
8 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Carlos 24 de maio de 2019

    Tenho um Tracker a 8 meses, posso dizer, o consumo é adequado, chegando a 14,5 na estrada se andar mais forte faz 12,5, na cidade não tenho essa informação, sempre na gasolina, mas já tive problemas com postos de gasolinas onde não tive rendimento. Quanto ao vídeo de apresentação achei triste a opinião do apresentador. O recall deixo também a minha preocupação quanto a esse procedimento da GM.

  • Avatar
    Luiz 14 de maio de 2019

    Meus caros leitores,
    estou estarrecido com este procedimento da G M de só trocar o braço da bandeja da suspensão da Tracker 2017 à 2019 no próximo mês de agosto. uma peça de vital importância para a segurança do carro.
    se acontecer um problema de essa peça se soltar e você estiver à 150 KM por hora???

  • Avatar
    Paulo Raulino 8 de maio de 2019

    Infeliz o comentário do colunista. Tive um Tracker Premier 2018, e o seu conjunto mecânico (motor e câmbio) é excepcional, não tendo parelha nem com SUVs maiores, como Compass e ASX, e entre outros menores, como Creta e Captur. Com relação ao consumo, posso garantir que o meu fazia, usando gasolina, 8,5 km/l na cidade, e na estrada, acima de 11,5 km/l. Quem disse que fazia 5, 6, é porque o carros tem algum problema de regulagem.

  • Avatar
    PEDRO DE ALCANTARA LEITAO RODRIGUES 7 de maio de 2019

    LEVEI MINHA TRACKER HOJE NA CONCESSIONÁRIA PARA A REVISÃO DOS 10.000 KM e comentei a questão do Reccall. Levantaram meu veículo e viram que ele tem o problema, só que “…posso ficar sossegado pois não há perigo e à partir de agosto farão o serviço”. Como ter confiança até lá? Achei um absurdo, mas fazer o que?

  • Avatar
    Welington 7 de maio de 2019

    O carro é interessante, mas o consumo é extremamente alto. O meu tracker faz 4.8 na cidade quando abastecido com etanol e à gasolina não é muito diferente! Decepção total em relação ao consumo!

  • Avatar
    Adilson Breves 7 de maio de 2019

    Final da reportagem foi simplismente de alguem desinformado. Qual dos carros do segmento dos SUV’s compactos possui motor turbo? O Tracker é anos luz melhor do que Duster, Ecosport, Kicks, Creta. Falo isso porque conheço todos. Só quem tem um tracker sabe do que estou falando. Deveriam se informar melhor ao fazer comentários sem qualquer conhecimento sobre do que se esta tratando.

  • Avatar
    Adalberto Rodrigues 6 de maio de 2019

    O Chevrolet Tracker se destaca pelo motor turbo de 153 cavalinhos e 24,5 kgf/m de torque, além de fazer 0/100 km/h em 9,2 segundos, portanto não vejo como ele pode estar na média.

  • Avatar
    Tarcísio Bonikoski 6 de maio de 2019

    Atendimento começa em agosto ??Aí eu pergunto como os donos destes veículos vão ter confiança de utilizar estes veículos pra uma viagem por exemplo?

Avatar
Deixe um comentário