[Recall] Mini convoca Countryman por risco de incêndio

Em caso de colisão dianteira severa, a válvula de controle do fluxo da bomba de combustível pode se quebrar, causando vazamento de combustível

Por AutoPapo26/09/18 às 10h33

Mini Brasil convoca 433 unidades do modelo Mini Cooper Countryman para recall. Problema na chapa de proteção da bomba de combustível pode acontecer nos veículos fabricados entre 1º de fevereiro de 2017 e 18 de julho de 2018.

De acordo com a fabricante “esta ação se faz necessária pois verificou-se que, em caso de colisão dianteira severa, a válvula de controle do fluxo da bomba de combustível do Countryman pode se quebrar, podendo haver vazamento de combustível, e, consequentemente, risco de incêndio”. Ocupantes do veículo e terceiros podem sofrer danos físicos e materiais caso isso ocorra.

Os proprietários das unidades afetadas já podem entrar em contato com um concessionário autorizado MINI para agendar a instalação da chapa de proteção no Countryman. Os atendimentos terão início no dia 5 de outubro e os serviços de verificação e substituição do componente têm duração estimada de uma hora.

Para mais informações, ligue no telefone 0800 019 7097 ou acesse a página de recall da Mini.

Chassis dos Mini Coopers Countryman envolvidos:

Mini Brasil convoca 433 unidades do modelo Countryman para recall. Marca vai instalar uma chapa de proteção na bomba de combustível das unidades envolvidas.
Foto Mini | Divulgação
  • Chassis: 3D62590 a 3F91309
  • Data de Fabricação: 1º de fevereiro de 2017 e 18 de julho de 2018

A fabricante ressalta que, até o presente momento, não tem conhecimento de acidentes envolvendo um dos Countryman afetados pela convocação em questão.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário