[Recall] Volkswagen T-Cross pode ter defeito do eixo traseiro

SUV compacto foi lançado em abril e passa por seu primeiro recall devido a riscos de trinca no eixo traseiro e perda da dirigibilidade

Por AutoPapo 15/10/19 às 19h49

A Volkswagen divulgou, nesta terça-feira (15), um recall para o T-Cross. Esta é a primeira convocação do modelo, lançado em abril. De acordo com a marca, o problema se localiza no eixo traseiro e traz riscos para a segurança.

Este é o primeiro recall do T-Cross, lançado pela Volkswagen em abril. SUV compacto tem riscos de trinca no eixo traseiro e perda da dirigibilidade.

O comunicado da Volkswagen explica que há possibilidade de o eixo traseiro do SUV compacto se trincar. Nesse caso, haverá surgimento de ruído. “Em casos extremos, haverá contato do pneu com o revestimento da caixa de roda e desalinhamento do volante”, continua o texto.

Assim, o recall do T-Cross envolve um grave risco de acidentes, se considerarmos a seriedade dos efeitos descritos pela marca. Poderão ocorrer danos físicos e materiais a ocupantes do veículo e a terceiros.

A causa do defeito, também de acordo com a Volkswagen, foi a fabricação do eixo traseiro em desacordo as especificações do veículo.

Para garantir que estão fora de perigo, proprietários devem atender ao recall do T-Cross, cujo atendimento começa no dia 21 de outubro. Ele deve ser agendado junto à rede de concessionárias autorizadas da Volkswagen.

O atendimento consiste na inspeção do eixo traseiro do T-Cross, o que tem tempo estimado de 20 minutos, segundo a marca. Caso seja constatada a presença do defeito, deverá ser feita a substituição completa do componente.

Nesse caso, o reparo tem tempo estimado em 4:20 horas.

Confira, abaixo, as unidades envolvidas:

Recall do T-Cross – Unidades envolvidas

Modelo Data de fabricação Chassis não sequenciais
T-Cross 2020 03/05/2019 a 22/07/2019 L4006098 a L4028156

Lembramos que todo atendimento de recall é gratuito e não tem data de validade. Apesar disso, é importante atender à convocação o mais rápido possível devido aos riscos de segurança apresentados tanto aos usuários do veículo quanto a outros carros no trânsito.

Foto Volkswagen | Divulgação

2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    José Pedro Jorge Filho 16 de janeiro de 2020

    Tive um problema com meu TCross com apenas 1350 km rodados. Um barulhão tremendo que surgiu de repente na dianteira do carro. Era uma série de T Cross que saiu com a porca da “bieleta” bamba
    Vejam o vídeo
    https://youtu.be/Rxmj7Gd9qfQ

  • Avatar
    Ivan 16 de outubro de 2019

    Justo, tem que fazer mesmo o recall. Agora fico imaginando a raiva que dá no proprietário de um carro na casa dos 90 mil reais pra cima, recém lançado, ter que aturar uma coisa dessas. Sinceramente é de cair todos os butiás do bolso. Isso mostra a preocupação da marca, mas uma coisa dessas não poderia passar mais nos dias de hoje. Mancha a marca. Desanima futuro comprador. Eu tenho um Polo TSI, dá até medo. Faz pensar muito na hora da troca.

Avatar
Deixe um comentário