[Recall] Volkswagen T-Cross pode ter defeito do eixo traseiro

SUV compacto foi lançado em abril e passa por seu primeiro recall devido a riscos de trinca no eixo traseiro e perda da dirigibilidade

Por AutoPapo 15/10/19 às 19h49

A Volkswagen divulgou, nesta terça-feira (15), um recall para o T-Cross. Esta é a primeira convocação do modelo, lançado em abril. De acordo com a marca, o problema se localiza no eixo traseiro e traz riscos para a segurança.

Este é o primeiro recall do T-Cross, lançado pela Volkswagen em abril. SUV compacto tem riscos de trinca no eixo traseiro e perda da dirigibilidade.

O comunicado da Volkswagen explica que há possibilidade de o eixo traseiro do SUV compacto se trincar. Nesse caso, haverá surgimento de ruído. “Em casos extremos, haverá contato do pneu com o revestimento da caixa de roda e desalinhamento do volante”, continua o texto.

Assim, o recall do T-Cross envolve um grave risco de acidentes, se considerarmos a seriedade dos efeitos descritos pela marca. Poderão ocorrer danos físicos e materiais a ocupantes do veículo e a terceiros.

A causa do defeito, também de acordo com a Volkswagen, foi a fabricação do eixo traseiro em desacordo as especificações do veículo.

Para garantir que estão fora de perigo, proprietários devem atender ao recall do T-Cross, cujo atendimento começa no dia 21 de outubro. Ele deve ser agendado junto à rede de concessionárias autorizadas da Volkswagen.

O atendimento consiste na inspeção do eixo traseiro do T-Cross, o que tem tempo estimado de 20 minutos, segundo a marca. Caso seja constatada a presença do defeito, deverá ser feita a substituição completa do componente.

Nesse caso, o reparo tem tempo estimado em 4:20 horas.

Confira, abaixo, as unidades envolvidas:

Recall do T-Cross – Unidades envolvidas

Modelo Data de fabricação Chassis não sequenciais
T-Cross 2020 03/05/2019 a 22/07/2019 L4006098 a L4028156

Lembramos que todo atendimento de recall é gratuito e não tem data de validade. Apesar disso, é importante atender à convocação o mais rápido possível devido aos riscos de segurança apresentados tanto aos usuários do veículo quanto a outros carros no trânsito.

Foto Volkswagen | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (3 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Ivan 16 de outubro de 2019

    Justo, tem que fazer mesmo o recall. Agora fico imaginando a raiva que dá no proprietário de um carro na casa dos 90 mil reais pra cima, recém lançado, ter que aturar uma coisa dessas. Sinceramente é de cair todos os butiás do bolso. Isso mostra a preocupação da marca, mas uma coisa dessas não poderia passar mais nos dias de hoje. Mancha a marca. Desanima futuro comprador. Eu tenho um Polo TSI, dá até medo. Faz pensar muito na hora da troca.

Avatar
Deixe um comentário