Com motor turbo e tração 4×4, Renault Arkana será feito no Brasil

De acordo com site argentino, novo SUV da Renault será fabricado no Paraná a partir de 2020 e terá soluções mecânicas inéditas

Por AutoPapo 27/05/19 às 19h26

Que o Renault Arkana será vendido no Brasil, todo mundo já sabe. Apresentado há cerca de uma semana na Rússia, o novo SUV médio já é aguardado há algum tempo por aqui. A novidade é que ele será produzido em São José dos Pinhais, (PR), e não em Córdoba, na Argentina. Além disso, terá motor turbo e opção de tração 4×4. Essas informações foram antecipadas pelo site Argentina Autoblog.

Até o momento, havia dúvida se o novo SUV da Renault seria nacionalizado ou importado da Argentina, de onde gozaria de isenções fiscais, graças ao Mercosul. O site destaca que o Arkana usa a plataforma B0, a mesma de Sandero, Logan, Duster, Captur , que são feitos no Brasil.

renault arkana frente esquerda

Outra novidade é que o Renault Arkana terá um inédito motor 1.3 turbo. Conhecida como TCe, essa unidade tem três cilindros e injeção direta de combustível. No exterior, onde já é fabricado, o propulsor pode gerar cerca de 170 cv de potência e 25 kgfm de torque. Por aqui, ele deverá ganhar tecnologia flex.

Além disso, segundo o Argentina Autoblog, o novo SUV da Renault terá opção de tração 4×4 nas versões mais caras. Vale lembrar que o Duster tem uma versão com tração total, mas equipada com câmbio manual. A expectativa é que o Arkana seja equipado com transmissão automática ou automatizada de dupla embreagem.

Arkana será o carro mais sofisticado da Renault no Brasil

Ainda não há informações sobre os preços do Renault Arkana. Porém, sabe-se que ele será posicionado acima do Captur. Consequentemente, será o veículo mais caro da gama da marca francesa. Além dos refinamentos mecânicos, o preço será justificado pelo perfil de SUV cupê, atualmente restrito a modelos de marcas premium.

O Renault Arkana supera o Captur também no tamanho: tem 4,54 m de comprimento e 2,72 m de distância entre-eixos. O porta-malas, na versão russa, tem 508 litros. O vão livre do solo é de 20,8 cm.

Por todos esses motivos, o Argentina Autoblog aponta o novo SUV da Renault como um sucessor para o Fluence. Faz sentido, uma vez que o segmento dos sedãs está em baixa, e o dos utilitários, em alta. Desse modo, é pouco provável que os preços do Arkana fiquem abaixo da marca dos R$ 100 mil.

Confira a galeria de fotos do Renault Arkana!

Fotos Renault | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (11 votos, média: 4,18 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Nattan 28 de maio de 2019

    Interior horrível, idêntico ao do Duster que vem ano q vem, que já é vendido na Europa.

  • Avatar
    jonas japones 27 de maio de 2019

    materia com o ford focus hatch manual e media de preços grato

  • Avatar
    CARLOS 27 de maio de 2019

    Gostei da proposta desse modelo SUV “estilo coupé”. Por outro lado, embora a moda seja os motores de menor cilindrada, creio que o motor 1.3 de 3 cilindros não agradará tanto. Eu mesmo perdi a vontade de conhecer. A própria Honda, acostumada a modelos com motores mais lerdos, já está divulgando o HRV 1.5 turbo, o mesmo do CIVIC Touring. Penso que o Arkana mereceria o motor do 1.8 turbo que equipará o novo Sentra 2020.

Avatar
Deixe um comentário