Renault Kwid completa um ano de mercado com boas vendas

Subcompacto parece ter conseguido se firmar no após enfrentar turbulências iniciais, envolvendo recalls e resultados ruins em crash tests feitos no exterior

Por AutoPapo29/08/18 às 14h00

O Renault Kwid está fazendo aniversário: passou-se exatamente um ano desde o lançamento do subcompacto no mercado brasileiro. De lá para cá, as vendas do modelo somam 57 mil unidades. No mês passado, ele ocupou a 8ª posição no ranking da Federação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Fenabrave), com 5.203 emplacamentos. De janeiro a julho deste ano, 34,9 mil exemplares foram comercializados.

A Renault informa ainda que, durante esse primeiro ano, outras 25 mil unidades do Kwid foram exportadas. O Brasil abastece os mercados da Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela, além de alguns países da África. O hatch é fabricado em São José dos Pinhais (PR).

Renault Kwid completa um ano de mercado


Apesar de breve, a história do Kwid no Brasil já tem alguns capítulos conturbados. Negociado em esquema de pré-venda antes mesmo do lançamento oficial, o modelo teve boas vendas iniciais. Porém, ao conhecerem o veículo, alguns compradores cancelaram a compra, ao notarem que ele era um subcompacto, e não um SUV, como a Renault havia anunciado.

Posteriormente, já após a apresentação, mas ainda nos primeiros meses de vendas, o Kwid passou por uma série de recalls. As ações corretivas chegaram a afetar a produção e, consequentemente, as vendas. Porém, a partir deste ano, o modelo se recuperou e vem conseguindo se manter entre os 10 automóveis mais emplacados do país. Trata-se de um bom resultado para um modelo estreante.

Histórico do Kwid em segurança

O Kwid foi desenvolvido para atuar em mercados emergentes, como América Latina, Ásia e África. O primeiro país a conhecê-lo foi a Índia, onde ele foi desenvolvido. Logo após o lançamento mundial, o modelo tirou nota zero em dois crash-tests realizados pela entidade de segurança veicular Asean NCAP.

As unidades nacionais, porém, ganharam equipamentos e reforços estruturais, que melhoraram os resultados. Testes de colisão realizados pelo Latin NCAP deram três estrelas, de cinco possíveis, ao subcompacto.

Foto Renault | Divulgação

3 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Arnaldo 17 de setembro de 2018

    Matéria superficial que mais parece ter sido escrita para desinformar do que informar, após um ano não conseguiram colher opiniões de donos do kwid? Lembro da matéria que tive o desprazer de ler neste canal na oportunidade do lançamento do kwid, tendenciosa ela avaliou o carro como se ele fosse um sedã de renome.

  • Greg de leon 5 de setembro de 2018

    A Renault precisa dar desconto..já está na hora..esse carrinho na verdade acaba saindo caro demais..pois a versão básica ninguém quer..e tb precisa colocar o bom motor com os 82 cv’s do projeto inicial..apenas assim pensarei na compra do mesmo..

  • Maria Cecília 30 de agosto de 2018

    Teremos este desconto na van master ?

Deixe um comentário