Taxistas e PCD poderão ter isenção de IPI e IOF em elétricos e híbridos

Projeto de Lei está em tramitação no Senado e pretende divulgar o uso desses tipos de carro para toda a população

Por AutoPapo01/02/18 às 14h31

Projeto de Lei do Senado (PLS) quer isentar do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) taxistas e pessoas com deficiência (PCD) que comprarem veículos híbridos ou elétricos. O projeto também isenta o financiamento desses carros do Imposto sobe Operações  Financeiras (IOF).

O PLS 780/2015, de autoria do senador Jorge Viana (PT-AC), está em tramitação na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e,  se for aprovado e não houver requerimento para votação em Plenário, será encaminhado à Câmara dos Deputados.

Taxistas e PCD poderão ter descontos de impostos
Desde 2012, algumas unidades do Nissan Leaf são usados como táxi em SP

Taxistas para divulgação

Viana lembra que taxistas e PCD já têm incentivos na aquisição de veículos. Com o projeto, ele amplia o benefício para a compra desse dois veículos. Para ele o custo dos híbridos e elétricos ainda é muito alto em relação a carros com motor a combustão. “Faltam incentivos para impulsionar a aquisição e a fabricação desses veículos no Brasil”, argumenta o senador.

Ainda segundo o senador, a concessão de isenções a taxistas é uma forma de divulgar o uso de carros elétricos e híbridos a toda a população. E o benefício às pessoas com deficiência, diz ele, amplia a inserção desses veículos no mercado.

Hoje existem poucas opções de veículos híbridos e elétricos no mercado brasileiro. Toyota e Ford comercializam, respectivamente, o Prius (com preço de R$ 126,6 mil) e o Fusion Hybrid (R$ 160,9 mil). A Lexus, divisão de modelos luxuosos da fabricante japonesa, vende o CT, hatchback que compartilha o mesmo powertrain do Prius, tabelado em R$ 135.750.

A BMW comercializa o i3, compacto elétrico a R$ 159.950, e o i8, esportivo híbrido plug-in, por R$ 799.950.

  • O AutoPapo testou os dois modelos: conheça mais o BMW i3 e o BMW i8

Com Agência Senado

Foto: Nissan/Divulgação

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário