[Vídeo] Clássico do Boris: Aston Martin DB6

Boris Feldman apresenta um Aston Martin DB6 1967. O esportivo é o sucessor de um dos carros mais famosos do cinema: o DB5 do James Bond

Por AutoPapo22/03/18 às 18h37

Boris Feldman apresenta um Aston Martin DB6 1967. O esportivo é o sucessor de um dos carros mais famosos do cinema: o DB5 do James Bond. Equipado com um motor 4.0 de 285 cv, ele acelerava de 0 a 100 km/h em apenas 8,5 segundos e chegava a 240 km/h. Isso na década de 60!

O Aston Martin DB6 também chama a atenção pelas suas belas linhas e pelo charmoso painel de instrumentos.

Ah! E você sabe de onde vem a inicial DB que batizam os modelos da marca inglesa? Não?! Confira no vídeo!

[TRANSCRIÇÃO]

Muito prazer! Eu sou Feldman… Boris Feldman. Estou no Aston Martin DB6.

O modelo DB6 da Aston Martin foi produzido entre 65 e 70. Raro porque foram apenas 1.788 unidades. Em relação ao DB5, modelo anterior muito mais famoso, porque era o carro do James Bond, o DB6 ganhou pelo menos dois aperfeiçoamentos importantes.

Primeiro: aqui na traseira foi incorporado um aerofólio ao porta-malas pra dar mais estabilidade. James Bond dizia que quando chegava perto de 200 km/h, o carro começava rabear na traseira, então com isso aí a traseira ficou mais grudada no chão.

Segundo: aumentaram em 10 centímetros o entre-eixos pra dar mais conforto aos passageiros do banco traseiro.

Mas esse é o DB6. O famoso é o DB5 do James Bond. Não é à toa que é uma marca como a Aston Martin ficou famosa. Tem que ter muita qualidade, tem que ter muito conforto… Mas, principalmente, tem que ter o que aqueles ingleses chamam de – os americanos também – “handling”. É o comportamento, é o desempenho do automóvel. É a maneira agradável que você se sente ao volante. É a reação do carro na reta, quando você acelera, quando você freia. Na curva, ele é excepcional!

E mais! Esse carro é da década de 60, mas ele já tinha – imaginem vocês – um controle aqui no painel que os ingleses lá chamaram de “selector ride”. Chique não?! Você vira um botão e ele deixa os amortecedores traseiros mais firmes ou mais macios, de acordo com o gosto do freguês. Isso sim é uma sofisticação tecnológica que só veio acontecer com a eletrônica, 20 ou 30 anos depois nos outros automóveis.

Oh o motorzão! Seis cilindros em linha; quatro litros; dois eixos de comando no cabeçote e três carburadores SU. Só assim mesmo para chegar no haras de 285 cavalos. Ah, tá querendo saber o 0 a 100? 8,5 segundos! Gente, é um carro da década de 60! Não é um bólido dos nossos dias… 8,5 segundos?! Velocidade máxima de 240 por hora?! É coisa de James Bond mesmo!

Esse carro pode ter o câmbio de cinco marchas, como esse daqui, e também, sem custo adicional na época, o câmbio ZF automático de apenas três. Mas que graça tem um carro esportivo como esse, um câmbio automático de três marchas? Esse sim dá prazer de dirigir, de reduzir… Do motorista participar das coisas.

Eu queria que a nossa produção, o Tiago, não esquecesse de focalizar o painel desse automóvel. Eu confesso pra vocês que dirigindo carros antigos a gente, às vezes, se impressiona com a beleza do painel de antigamente, mas esse, pra mim, mata! Ele é maravilhoso. Reparem!

Eu acho uma pena que as exigências de segurança e de proteção ao motorista e passageiros tenha eliminado um dos elementos mais lindos que tinham nos automóveis antigos: o volante! Olha esse… Todo de madeira com três raios em preto fosco e com os rebites no seu entorno. Isso é uma peça de arte. Mas infelizmente, no caso de um acidente,coitado do motorista: eu!

“Superleggera”? É uma das sofisticações do Aston Martin e também de outros esportivos famosos. É uma fábrica italiana de carrocerias e componentes do automóvel, da carroceria, em alumínio.

Desde a década de 60, todos os Aston Martin passaram a ter uma denominação extra: DB! DB2, DB4, DB5… Esse é o DB6. Até hoje, ainda estamos no DB8, DB10, DB11. Por que o DB? Porque a fábrica estava quebrando e um cara chamado David Brown – DB – comprou a fábrica.

Ele ficou sem graça de tirar a marca Aston Martin, de tão famosa que ela já era. Mas, pelo menos, resolveu deixar as suas iniciais na série de modelos. David Brown. DB!

Esse carro, o Aston Martin DB6, tem tudo igual ao DB5, que era o carro do James Bond. A única coisa que eu procurei, mas não encontrei, foram: primeiro, o botãozinho para ejetar o banco do passageiro; e o outro pra sair as metralhadoras debaixo dos faróis.

Aston Martin DB6 - Clássicos do Boris

VEÍCULOS RELACIONADOS

Veja mais sobre:


1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Franco Vieira 22 de Março de 2018

    É um deleite. Que design, que pintura, que cor linda……BATO PALMAS.
    Muito obrigado.

Deixe um comentário