Vistoria de veículos agora é realizada por terceiros no ES

Nova regra, publicada no Diário Oficial, visa maior segurança no trânsito; motorista deve procurar uma empresa credenciada para realizar o serviço

Por AutoPapo 27/11/18 às 08h33

O Governo do Espírito Santo decidiu, por meio da Instrução nº 190 de outubro de 2018, que a vistoria de veículos poderá ser realizada por empresas credenciadas ao Departamento Estadual de Trânsito (Dentran). A medida, que já está em vigor, visa garantir mais eficiência ao processo e segurança aos ocupantes de veículos e pedestres.

O Detran-ES instituiu, no início de outubro, o regime de credenciamento de empresas para a realização de vistorias de identificação veicular no âmbito do Estado. A decisão foi determinada dada a importância do serviço como elemento redutor de acidentes de trânsito e roubo de veículos.

“A medida foi tomada para garantir ainda mais segurança à população, evitando que carros adulterados ou mesmo roubados circulem pelas ruas e que motoristas coloquem suas vidas em risco”, explica Beto Reis, diretor da Super Visão, rede de vistorias automotivas.

O Detran-ES instituiu que empresas terceiras serão responsáveis pela vistoria de veículos, necessária nas transações de compra e venda do Estado.
Vistoria de veículos | Shutterstock

No Espírito Santo, a vistoria de transferência é obrigatória nas transações de compra e venda ou regularização de um veículo.

Com a vistoria de veículos, será feita uma análise da originalidade e numeração do chassi e do motor, registro da quilometragem atual do hodômetro, itens de segurança, e também da documentação. Após as análises, é gerado um laudo de transferência e documento oficial com todos os pontos detalhados e fotografados.

A nova resolução foi estipulada considerando a necessidade de padronização e aprimoramento técnico e estrutural nos serviços de vistorias de veículos em todo Estado do Espírito Santo e necessidade de oferecimento de serviços eficientes, seguros e cômodos para os proprietários de veículos e possibilitando o aumento de postos de atendimento.

Vistoria Cautelar

Apesar de não ser obrigatória, a vistoria cautelar é uma outra opção para os consumidores. Nela são analisados a originalidade do veículo, sua estrutura e documentação. Históricos de furto, roubo, leilões e sinistros também podem ser desvendados.

Para além da vistoria… Você sabe como é feita a avaliação de um carro usado? O AutoPapo responde.

Na hora de vender ou comprar um veículo muitas dúvidas podem surgir principalmente quanto ao processo necessário para a transferência, inclusive quanto aos documentos necessários para transferência de veículo.
Transferência de veículo: Confira os documentos necessários.

2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Márcio Costa 2 de março de 2020

    Hj 02/03/2020, fui fazer uma vistoria para transferência (Exata), quando fui assaltado. R$ 122,00. Roubo regularizado pelo governo.
    Vergonhoso.
    Velho ditado:” Enquanto existir cavalo, São Jorge não anda a pé”
    No nosso caso, esses políticos que tem carro com motorista pago com o dinheiro do povo.

  • Avatar
    Gabriel Rocha 26 de fevereiro de 2020

    Seria interessante a proposta, caso não houvesse por de trás da “preoucupação com a segurança dos cidadãos” um novo método de ganhar dinheiro do motorista capixaba.
    Mas é isso, ta ai, mais uma imposição dos nossos queridos e estimados governantes e gestores…esse é o Brasil que eu quero…quero bem longe.

Avatar
Deixe um comentário