[Ouviu na rádio?] Três picapes em uma: Frontier, Alaskan e Classe X

Projeto 2.3 biturbo de 190 cavalos é compartilhado pelas fabricantes Renault, Nissan e Mercedes

Por BORIS FELDMAN22/03/18 às 06h35

Você sabe o que as três picapes a seguir têm em comum? Boris explica a razão pela qual Frontier, Alaskan e Classe X compartilham do mesmo projeto.

Dá pra acreditar que três picapes de marcas diferentes são no fundo o mesmo veículo? Estou me referindo às picapes Nissan Frontier, Mercedes Classe X e Renault Alaskan.

A Nissan Frontier já está no Brasil importada do México, mas todas as três serão produzidas na Argentina, na fábrica Renault-Nissan, e de lá serão importadas para o Brasil. A Renault e a Nissan pelo menos são parceiras e entende-se dividir o mesmo projeto. A Mercedes, por sua vez, percebeu a necessidade de explorar esse segmento, mas não tinha nenhum Know-how nesse produto. Para reduzir custos, resolveu comprar esse projeto.

Boris explica a razão pela qual as picapes Frontier, Alaskan e Classe X compartilham o mesmo projeto. Parceria Renault-Nissan e falta de experiência da Mercedes no segmento justificam três acabamentos diferentes para um mesmo motor.
Foto Divulgação | Renault

Frontier, Alaskan e Classe X têm motor 2.3 biturbo de 190 cavalos. A Nissan Frontier já está a venda, a Mercedes Classe X chega em 2019 e a Renault acaba de confirmar a Alaskan para o segundo semestre deste ano.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Celio Santos 26 de abril de 2018

    É mais uma vez a mesma história, fabricar na Argentina é mais fácil que no Brasil por causa dos impostos e problemas burocráticos no 🇧🇷 mesmo com mão de obra mais cara 🤨

Deixe um comentário