Gasolina com chumbo no Brasil: que história é essa?

A dúvida é de um leitor do AutoPapo, pois seu veículo tem uma etiqueta que diz para não abastecer com gasolina misturada com chumbo

Por Boris Feldman30/12/18 às 19h30

Décadas atrás, a gasolina brasileira destinada a abastecer os automóveis já possuiu, em sua composição, o chumbo tetraetila. Porém, há muitos anos, esse combustível não é mais encontrado nos postos: ele até existe atualmente, mas somente para outros fins.

[TRANSCRIÇÃO]

Minha Hyundai SantaFé, disse um leitor nosso, tem uma etiqueta no bocal do tanque de abastecimento para não se utilizar de gasolina com chumbo. E ele quer saber o porque dessa advertência, pois consultou vários postos e todos lhe disseram: “não se preocupe, não existe gasolina com chumbo no Brasil”. E ele quer saber: posso mesmo ficar tranquilo? Sim, não se preocupe. A menos que você vá abastecer sua SantaFé no aeroporto.

VEJA MAIS: 

Porque ainda existe gasolina com chumbo tetraetila para os aviões com motor a combustão. Mas, no caso dos automóveis a conversa é outra, pois o chumbo tetraetila aumentava a octanagem. Mas ele deixou de ser utilizado há muitos anos, desde que se passou a adicionar o etanol à nossa gasolina. Pois ela passou, mesmo a comum, a ter um dos melhores índices de octanagem entre todas as gasolinas do mundo.

Gasolina com chumbo
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    ESTEVAM NOGUEIRA RODRIGUES ALVES 11 de abril de 2019

    Olá
    Mesmo em aviação deveria ser proibido…nao há níveis seguros para chumbo no ambiente .
    Tenho depressão crônica há 31 anos! Exatamente quando comecei a tirar brevê … e tive que largar por motivos óbvios …

Avatar
Deixe um comentário