Mercado automotivo: preferências do brasileiro mudam muito com os anos

"Um diretor de uma fábrica de automóveis me disse que em nenhum mercado do mundo a preferência do consumidor virava com tanta rapidez como no Brasil"

Por Boris Feldman21/03/19 às 19h30

O brasileiro sempre foi específico em suas escolhas no mercado automotivo. Mas essa preferência mudou de uma forma radical com o decorrer dos anos. Veja:

[TRANSCRIÇÃO]

O diretor de uma fábrica de automóveis, uma grande multinacional, comentava comigo na semana passada que em nenhum mercado do mundo a preferência do consumidor ‘virava’ com tanta rapidez como no Brasil. E ele lembrou que, durante muitos anos, o brasileiro era um apaixonado pelo automóvel de duas portas: nem queria saber do de quatro. De repente, quando mudou, mudou para valer e não quis mais saber nem de esportivo com duas portas.

Depois vieram as cores: durante anos e anos o mercado só queria saber de prata e preto. Atualmente, duas tendências: A primeira, o utilitário esportivo, que virou o ‘queridinho’ do brasileiro. E em segundo, o câmbio automático, que durante dezenas de anos era um verdadeiro tabu. A manutenção era complicada, cara, ninguém sabia consertar e eram raros os que faziam essa opção. Pois não é que esse ano vão se vender no Brasil mais carros automáticos do que os manuais?

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Fabio 22 de março de 2019

    O mercado brasileiro muda “rápido”! Quando eles vendem porcaria, alguns consumidores compram, se decepcionam, as vendas não evoluem e, milagrosamente, quando passam a vender equipamentos de melhor qualidade, as vendas disparam!!! Continuo aguardando um novo e bom hatch de tamanho médio e preço compatível, como o Focus fabricado na Alemanha.

  • Avatar
    Gabriel 22 de março de 2019

    Acho que falta mais exigência do povo brasileiro… porque se notar tem versão esportiva na Europa de um modelo que é vendido aqui, mas ela não é produzida no Brasil.

  • Avatar
    Genivaldo 22 de março de 2019

    Brasileiro e oportunista se vende mais automático e graças ao PCD, por isso até o gol é automático agora a manutenção desses cambio continua muuuito caro ainda.Mais quem tá no PCD tem carro garantia e quando acaba ele vende o carro e blz num precisa gastar uma grana na manutenção.

    • Avatar
      Junior 25 de março de 2019

      Genivaldo, apesar de achar que está havendo uma verdadeira farra com o PCD, proporcionalmente ao mercado, sua representatividade é relativamente baixa e a procura pelos automaticos nao-pcd disparou, ao ponto de varias marca tirarem alguns modelos manuais de linha como honda Hrv e outras deixarem ate os esportivados (apenas design esportivo) exclusivamente com cambio automático, como hyundai rspec.

Avatar
Deixe um comentário