Sistema Isofix e outros itens de segurança no banco traseiro só chegam em 2020

Carros mais antigos terão que esperar cerca de dois anos para serem obrigados a terem Isofix e outros sistemas de segurança no banco traseiro

Por BORIS FELDMAN07/12/18 às 06h15

No ano passado, o Contran determinou a obrigatoriedade do sistema Isofix nos automóveis derivados de novos projetos, já no início de 2018. Mas os modelos mais antigos terão que esperar mais um pouco.

[TRANSCRIÇÃO]

Só de ler um e-mail que recebi de um leitor do AutoPapo, deu pra perceber, nas entrelinhas, a raiva que ele sentiu ao comprar um carro novo e descobrir que no banco traseiro não tem o Isofix, aquele equipamento para prender as cadeirinhas infantis, nem o apoio de cabeça central e o terceiro cinto de três pontos. Ele diz ter lido no AutoPapo sobre a obrigatoriedade desses dispositivos de segurança a partir de janeiro deste ano.

Mas não fique com raiva de mim. Essa resolução foi tomada pelo Contran, que estabeleceu a obrigatoriedade destes equipamentos segurança a partir de janeiro de 2018, apenas para os automóveis derivados de novos projetos. Os modelos mais antigos só serão obrigados a ter esses dispositivos a partir de 2020. Ou seja, eles serão obrigatórios em todos os carros vendidos no Brasil só daqui a dois anos.

Sistema Isofix
Exemplo de fixação com conjunto de cinto inferior e top tether modelo W (Bárbara Angelo/AutoPapo)

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário