Ao volante, não adianta brigar contra o sono: a derrota é certa

Estatísticas divulgadas pela Associação Brasileira de Medicina do Trânsito confirmam: o sono é uma das mais problemáticas causas de acidentes de trânsito

Por Boris Feldman19/09/19 às 06h15

A  Associação Brasileira de Medicina do Trânsito (Abramet) divulgou o resultado de umas estatísticas que vêm a confirmar uma das mais problemáticas causas de acidentes de trânsito: é o sono do motorista ao volante.

É um perigo que marca tanta presença que os automóveis mais modernos dispõem de dispositivos computadorizados que percebem que o motorista já não está mais reagindo como deveria nas diversas situações do trânsito. Já até alertam, ascendem uma xícara de café no painel, e vai por aí…

Sabe o que é um fato indiscutível? Não adianta o motorista brigar contra o sono, porque ele vai sempre sair perdendo. E a solução é tão simples: encoste em um posto ou em um lugar seguro, dê uma cochilada de meia hora e lave o rosto. Aí, você estará novo de novo.

detector de fadiga Sono ao volante
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário