Carro elétrico, por enquanto, está limitado ao uso urbano

Durante uma viagem com um carro elétrico, certos fatores descompensam a autonomia, que pode diminuir significativamente

Por Boris Feldman17/10/19 às 06h15

Carro elétrico, por enquanto, só para uso urbano. Em viagens mais longas, acima de 150 ou 200 quilômetros, é melhor usar seu outro carro, porque ninguém faz as contas quando se declara uma autonomia de 400 quilômetros. A rigor, o carro vai andar um pouco mais que a metade disso.

Primeiro: ligou o ar-condicionado, a autonomia já cai quase 10%. Segundo: o trecho tem subidas longas, ou você vai querer andar forte, sempre acima dos 100 por hora? Você já terá pouco mais que 300 quilômetros.

Além do mais, como ninguém é louco de usar a bateria até ela ‘zerar’, a parada para recarregar é com, no mínimo, 10% a 15% da carga. E aí, se for uma recarga rápida, são menos 20% de autonomia no trecho seguinte: já será pouco acima dos 200 quilômetros. Fora a alergia que as baterias têm a muito frio ou muito calor. E mais: a fila para carga elétrica pode levar horas.

caoa cherry arrizo 5 eletrico 2
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Juares Alves de Campos 17 de outubro de 2019

    Bom dia
    Carro elétrico só terei o meu quando ele se auto carregar.
    Um carro possui 4 geradores,que são as 4 rodas, que tranquilamente enquanto estiver rodando, carregaria as baterias.Carregar as baterias na energia elétrica, é gerar outro problema.

Avatar
Deixe um comentário