Caoa Chery bate recorde de vendas e promete mais três modelos

Fabricante que está há quatro anos no Brasil vendeu 1.054 veículos no último mês; modelo Arrizo 5 será produzido por aqui em outubro

Por AutoPapo05/09/18 às 14h05

A Caoa Chery vendeu, em agosto, 1.054 unidades no Brasil. O número é uma conquista para a marca, que chegou há quatro anos a Jacareí (SP) e até então não tinha superado mil emplacamentos por mês. São fabricados aqui os modelos QQ e Tiggo 2. A planta, a primeira da Chery fora da China, já se prepara para colocar em produção o modelo Arrizo 5.

O número é 45% maior se comparado a julho, quando 727 unidades foram compradas. No acumulado do ano, a Caoa Chery vendeu 4.045 veículos, 85% a mais do que o mesmo período de 2017.

A marca se prepara para lançar mais três modelos nos próximos meses: o Arrizo 5, o Tiggo 4 e o Tiggo 7, que serão apresentados no Salão do Automóvel, em novembro. Os veículos terão produção nacional e devem compor o portfólio Caoa Chery, que pretende oferecer um leque de opções para os diversos perfis de consumidores.

Em agosto, Caoa Chery teve alta de 45% na vendas. Marca prometeu lançamento de mais três modelos: Arrizo 5, Tiggo 4 e Tiggo 7.

A produção do Arrizo 5 deve ter início já no próximo mês, outubro, na fábrica de Jacareí (SP), que tem capacidade produtiva de 50 mil carros por ano.

Marcio Alfonso, CEO da Caoa Chery, afirma que o crescimento demonstra o fortalecimento da empresa no mercado brasileiro e a maior confiança dos consumidores. “Estamos investindo fortemente em nossos produtos e na rede de atendimento ao cliente. Nosso plano de expansão das concessionárias contempla um total de 60 lojas, atuando até o final do ano, o que deve gerar uma demanda ainda maior dos nossos veículos”, avalia o executivo.

Em agosto, Caoa Chery teve alta de 45% na vendas. Marca prometeu lançamento de mais três modelos: Arrizo 5, Tiggo 4 e Tiggo 7.

Fotos Caoa Chery | Divulgação

23 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Cláudio Leomar da silva 7 de setembro de 2018

    Tenho uma Tiggo 2012 está com 52300kl porque aparece uma chave no painel?quando viro a chave?

    • Carlos 16 de setembro de 2018

      Olha no manual que eta escrito

  • Henrique 7 de setembro de 2018

    Tenho dificuldades para encontrar peças pro Chery Cielo 2010.

  • RITA LEE FONSECA DA SILVA FURTADO 7 de setembro de 2018

    Tenho um QQ 2015 e de repente qd fui a loja em Campo Grande no Rio de Janeiro, ela tinha fechado e não avisou aos clientes…pretendo continuar com.a Chery pois atende as minhas expectativas.
    Gostaria de saber quando abrirá uma nova loja no subúrbio do Rio de Janeiro.

  • Cláudio 7 de setembro de 2018

    Quando terá concessionária em Manaus – AM

  • Jean Bernardino de Souza 6 de setembro de 2018

    Quero o tigoo4 esperando chegar em Maceió Alagoas só com esses carros China que começaram a melhorar em carro nacionais brigado China bem pra Car Maceió Alagoas

  • Nouredinj 6 de setembro de 2018

    Comorei meu quarto carro da chery e recomendo. Tive o qq importado, depois o Face, o new qq eagora o tiggo 2 automático. Tenho um excelente atebdimento em Salvador na Mg veículos.
    Oficina nota 10

    • Val 6 de setembro de 2018

      Évdd que ele gadta muito?

  • Marcelo Humberto da Silva 6 de setembro de 2018

    Rochester beleza? Eu trabalho na CHERY e a preocupação da empresa é investir em concessionárias para que os consumidores não tenham mais esse problema que você relatou. Ok?

  • Rochester Jobim 6 de setembro de 2018

    Eu tive um Chery Celer 2015, carro excelente, porém existe uma grande falha para quem compra pelo menos aqui onde eu moro, pra mim fazer as revisões tenho que ir cerca de 60 km, de onde eu moro pq a Chery simplesmente fechou sua loja e oficina aqui em balneário Camboriú/SC.

    • Marcelo Humberto da Silva 6 de setembro de 2018

      Rochester beleza? Eu trabalho na CHERY e a preocupação da empresa é investir em concessionárias para que os consumidores não tenham mais esse problema que você relatou. Ok?

  • Joel 6 de setembro de 2018

    Tenho um Cielo Sedan da Chery e AMO perfeito em tudo Conforto Seguro Forte Espaçoso Econômico. Sou apaixonado por ele e próximo com certeza vai ser da Chery, tipo um AZZIRO 5.

  • Nilto 6 de setembro de 2018

    Eu tenho um Tiggo e maravilhoso este já e meu terceiro veículo Chery e recomendo

  • Neder 6 de setembro de 2018

    Comprei um New QQ act 18/18. O carro é show. Da de dez nesse kwid lata de sardinha

  • Ricardo 6 de setembro de 2018

    Tenho um Tiggo2, adquirido a 1 mês e meio, já peguei estrada com ele , o carro é excelente, muito confortável só não é muito econômico, meu modelo é look manual.

    • Luiz carlos 6 de setembro de 2018

      Peguei o ACT AT há uma semana.. Muito confortável. Irei pegar a estrada amanhã. Mas já percebi que dentro da cidade não é econômico. Vamos ver na estrada. Mas mesmo assim estou adorando.

  • Marcelo chedide 6 de setembro de 2018

    Tenho 1,80 MT e, minha cabeça bate no teto do Tiggo 2
    Foi feito para pessoas baixas

  • Antônio Carlos 6 de setembro de 2018

    Com certeza esse será meu próximo carro até o final do ano estarei dentro de um tiggo 2

  • Wagner 6 de setembro de 2018

    Quando VOLTARÁ a ter concessionária em Curitiba?

  • Rodrigo Jales 6 de setembro de 2018

    Meu próximo carro poderá ser um chery se efetivamente for ampliado o número de concessionárias. Os carros estão bem bonitos e com mecânica confiável.

  • Luiz 6 de setembro de 2018

    Esse “nacional “Kwid Já entrou em Recall duas vezes e a primeira três meses após o lançamento o QQ desde 2011 na versão importada até o hoje o nacional NUNCA entrou em Recall. Procure se informar ou cobre mais caro da Renault para vir falar BESTEIRA.

  • Marco Antonio 6 de setembro de 2018

    Na linha inicial usa a preposição a , quando o correto é o verbo há
    Falta revisor que conheça a PORTUGUÊS

    • Felipe Boutros
      AutoPapo 6 de setembro de 2018

      Obrigado pelo alerta, Marco Antonio

Deixe um comentário