O carro mais caro do mundo é uma Ferrari antiga

Clássico, considerado um dos carros mais desejados do mundo, foi vendido pelo equivalente a 8.000 carros populares (e ainda sobra troco)

Por AutoPapo 02/06/18 às 17h48
Atualizada em 19/02/2020

Uma Ferrari 250 GTO 1963 é o carro mais caro do mundo. O colecionador norte-americano David MacNeil pagou US$ 70 milhões pelo carro (R$ 305 milhões em conversão direta em 19/02/2020).

Com esse valor seria possível comprar 8.000 unidades do Renault Kwid mais básico e guardar o troco. A transação foi intermediada por Marcel Massini, um dos maiores especialistas do mundo em Ferraris antigas e colecionáveis.

VEJA TAMBÉM:

O carro mais caro do mundo em questão é uma das mais celebradas entre as menos de 40 Ferraris 250 GTOs produzidas, graças ao seu histórico em competições e a sua originalidade – mesmo sendo um carro de corrida, ela nunca bateu. Ela também se destaca pela cor da carroceria (prata com detalhes amarelos).

Carro mais caro do mundo: Ferrari 250 GTO 1963
Carro mais caro do mundo: Ferrari 250 GTO 1963

O carro mais caro do mundo venceu, entre outras provas, o Tour de France e ficou em quarto na classificação geral das 24 Horas de Le Mans, ainda em 1963. Ela foi utilizada pelas equipes Ecurie Francorchamps and Equipe National Belge, ambas da Bélgica, em seus dois primeiros anos.

A Ferrari 250 GTO 1963, a Ferrari mais cara do mundo, foi restaurada pela DK Engineering, especialista inglês no fabricante italiano, em meados dos anos 90 e recebeu a certificação Ferrari Classiche em 2012/2013.

O número 250 usado no nome se refere ao tamanho, em cm³, de cada cilindro. Como o motor é um V12, a cilindrada total é de 3.0 litros, que produz cerca de 300 cavalos de potência.

A Ferrari 250 GTO é considerada um dos maiores carros já produzidos pela marca italiana. Apenas 33 unidades da chamada Series I foram feitas, entre 1962 e 1963. Entre elas, o carro mais caro do mundo.

Depois, três foram produzidas em 1964 (Series II) e outras três com motorização diferente, de maior cilindrada, chamadas de 330 GTO.

Entre os famosos donos desse modelo estão o baterista do Pink Floyd, Nick Mason, e o estilista Ralph Lauren.

Foto Marcel Massini | Divulgação

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário