Carros gêmeos: relembre 7 modelos idênticos já vendidos no Brasil

Por questões comerciais ou industriais, esses veículos compartilham toda a carroceria e se diferenciam apenas por emblemas e alguns detalhes

Por Alexandre Carneiro04/08/18 às 10h30

Algumas pessoas acham os automóveis tão parecidos que têm dificuldade para diferenciá-los. Em alguns casos, porém, até mesmo um gearhead tem que apelar para logomarcas e emblemas para fazer a identificação, pois existem modelos praticamente idênticos: são os carros gêmeos, que por questões comerciais ou industriais, compartilham a carroceria. O AutoPapo listou 7 exemplos já disponibilizados no mercado brasileiro. Confira:

Ford Verona e Volkswagen Apollo

Verona e Apollo foram os primeiros produtos da Ford e da Volkswagen após elas se associarem na América do Sul, dando origem à Auto Latina. Trata-se de um modelo com carroceria de três volumes derivado do Escort, que ganhou nomes e emblemas de identificação do fabricante distintos, e nada mais! As poucas diferenças entre ambos restringiam-se ao interior, com o uso de painéis e de peças de acabamento específicas para cada um.

Volkswagen Santana e Ford Versailles

A história desses dois modelos é mais ou menos a mesma do Verona e do Apollo. Porém, dessa vez, era o sedã da Volkswagen que originava o da Ford. Além das habituais diferenciações internas, Santana e Versailles ganharam alguns componentes externos específicos, como para-choques, faróis, grade e lanternas. Nada que conseguisse esconder a irmandade deles, já que as peças de lataria eram as mesmas. Os dois veículos tiveram versões perua, a Quantum e a Royale, que também eram gêmeas.

Dodge Journey e Fiat Freemont

A compra da Chrysler pela Fiat, que deu origem à FCA, causou o surgimento de alguns carros gêmeos em diferentes partes do mundo. O Brasil conheceu apenas o Journey e o Freemont, um crossover de sete lugares com projeto de origem Chrysler. Embora visualmente os dois sejas idênticos, com exceção da grade dianteira e dos emblemas, havia uma diferença significativa sob o capô: enquanto o modelo da marca estadunidense era equipado com um motor 3.6 V6 capaz de gerar 280 cv de potência e 34,9 kgfm de torque, o da fabricante italiana vinha com um 2.4 de quatro cilindros, com 172 cv e 22,4 kgfm.

Suzuki Grand Vitara e Chevrolet Tracker

No passado, a GM chegou a ser sócia minoritária da Suzuki e até a representá-la comercialmente na Argentina. Isso deu origem a alguns carros gêmeos, entre os quais o primeiro Chevrolet Tracker, que era, na verdade, a segunda safra do Grand Vitara. Ambos foram vendidos no Brasil, mas, atualmente, os dois modelos são completamente distintos.

Seat Córdoba e Volkswagen Polo Classic

A Seat, marca espanhola que pertence ao Grupo Volkswagen, teve uma breve passagem pelo Brasil em meados dos anos 90: veio junto com várias outras após a impactante abertura do mercado às importações, com uma linha capitaneada pelo Córdoba. A alta do dólar e das alíquotas de IPI na segunda metade daquela década fizeram a organização dar adeus ao país, mas o sedã compacto acabou voltando com a logomarca da empresa matriz, mudanças cosméticas na parte traseira e outro nome: Polo Classic. Ambos tiveram também versões furgão, batizadas de Inca e Van, respectivamente.

Citroën Berlingo e Peugeot Partner

Peugeot e Citroën estão sob o mesmo guarda-chuva há décadas: elas se uniram nos anos 70, dando origem ao Grupo PSA. Não chega a surpreender, portanto, que ambas tenham oferecido carros gêmeos em diferentes partes do mundo, entre os quais o Partner e o Berlingo: atualmente, o primeiro é vendido apenas na versão furgão, enquanto o segundo é destinado a passageiros. Porém, ambos já tiveram versões para transporte de pessoas no Brasil.

[Vídeo] Testamos o Citroën Jumpy. Clique aqui e veja!

Citroën Jumper, Peugeot Boxer e Fiat Ducato

Não satisfeitas em desenvolver veículos juntas, Peugeot e Citroën firmaram uma parceria com a Fiat para projetar e produzir utilitários. É por isso que as vans Jumper, Boxer e Ducato são o mesmíssimo modelo: se distinguem apenas pelo nome e os emblemas dos fabricantes.

66 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Josué 6 de agosto de 2018

    esqueceram do fiat DUNA e fiat PRÊMIO

    • AutoPapo 6 de agosto de 2018

      Olá, Josué!
      Verdade, há Duna e o Prêmio, da Fiat, mas nesse caso são dois modelos da mesma marca, e não de fabricantes distintas e aparentemente sem relação.
      Abraço!

  • Marcos Nunes 6 de agosto de 2018

    E também o Corsa e o fiesta ambos 2004

    • AutoPapo 6 de agosto de 2018

      Olá, Marcos.
      Caro, você está equivocado. Esses carros podem até se parecer visualmente, mas não compartilham peças de carroceria nem outros componentes. Nossa matéria cita apenas carros que utilizam as mesmas chapas de lataria.
      Abraço!

  • Marcos Nunes 6 de agosto de 2018

    Faltou o Nissan tinda e o pegeout 307

    • AutoPapo 6 de agosto de 2018

      Olá, Marcos.
      Caro, você está equivocado. Esses carros podem até se parecer visualmente, mas não compartilham peças de carroceria nem outros componentes. Nossa matéria cita apenas carros que utilizam as mesmas chapas de lataria.
      Abraço!

  • Leandro 5 de agosto de 2018

    Vans escolares contam ?
    😀
    Ducato, Boxer e Jumper!

  • Maicon 5 de agosto de 2018

    Faltou o Kia bongo com o Hyundai HR

  • Nilson Santana 5 de agosto de 2018

    O Santana tambem que é nada mais nada menos que uma copia mau feita do Passat Alemão 95, que possuo atualmente, muitas peças do Santana nacional são as mesmas que são utilizadas no Passat Alemão que não encontro dificuldades de encontrar e mesmo sendo um carro importado e discriminado por muita gente, depois que adquiri um, me sinto feliz e satisfeito por ter um.

  • Luciano Cruz 5 de agosto de 2018

    Faltou um carro tem tenho desde zero km Voyage 92 1.6 motor CHT da antiga autolatina VW e FORD. Fundado Voyage quadrado. Primeiro motor dele rodei 480.000 kms.

    • Boa 6 de agosto de 2018

      Kkk também tenho um desse mesmo ano

  • Israel 5 de agosto de 2018

    Falto o Apolo vw e o verona ford

    • AutoPapo 6 de agosto de 2018

      Olá, Israel.
      Como assim faltou? Apollo e Verona são os primeiros carros da lista.
      Abraço!

  • Israel 5 de agosto de 2018

    Falto o Apolo e o verona

  • Geraldo Fortunato Pereira 5 de agosto de 2018

    Santana vw e versailes Ford e os mesmos Santana Quantum e Royale Ford

  • Alexandre Lima 5 de agosto de 2018

    Daewoo Espero e Chevrolet Monza. Mudava somente a carroceria

  • Valter 5 de agosto de 2018

    Falando de merda faltou o VW logus, e o escort europeu

  • Valdeir 5 de agosto de 2018

    Saudades do meu accent hundai

  • Valdeir 5 de agosto de 2018

    Saudades do meu carro accent da hundai

  • SAUL GONZAGA PACHECO 5 de agosto de 2018

    Os comentarios muito tri… muito estranho montadores diferentes com carros iguais

  • Alex Pimenta 5 de agosto de 2018

    O Tiida foi vendido somente no Brasil, mas na europa dividia a carroceria com uma geração do Opel corsa também.

  • Marcos 5 de agosto de 2018

    Nenhum carro é tão lindo, quanto meu Ford Ka 1°geração!

    • Paulo 5 de agosto de 2018

      O Ford Ka sempre foi ridiculo

    • Neuzi Bragança 5 de agosto de 2018

      Esse é chamado de Ford *, feio por fora e apertado por dentro.

      EDITADO

    • Joaquim 6 de agosto de 2018

      “Ka” “Ka” “Ka” 🙂

  • Marcos 5 de agosto de 2018

    Isso é nave rapaz? Nave é meu Ford Ka 1° geração..
    .uma coisa linda!

  • Everaldo Pereira 5 de agosto de 2018

    Olá, também teve a Mitsubishi Pajeiro e a Hyundai Galloper.

  • Max 5 de agosto de 2018

    So lixo vamos falar em nave rang rover e land rover

    • Marcos 5 de agosto de 2018

      Isso é nave rapaz? Nave é meu Ford Ka 1° geração..
      .uma coisa linda!

  • Fernando Augusto 5 de agosto de 2018

    Faltou a Silverado e a GMC 3500.

    • AutoPapo 5 de agosto de 2018

      Olá, Fernando.
      Você tem razão, realmente não incluímos a Chevrolet Silverado e a GMC 3500, que eram idênticas e verdadeiramente gêmeas.
      Abraço e obrigado por comentar.

      • Claudemir Correia orfao 5 de agosto de 2018

        EU TENHO UM FORD TAURUS 97 EU SOU ÚNICO DONO DESSE MARAVILHOSO CARRO

      • Fernando 5 de agosto de 2018

        Claudemir alguém perguntou?

  • Wagner santos 5 de agosto de 2018

    Faltou o Corsa modelo Montana,que é o mesmo ford
    fiesta

    • AutoPapo 5 de agosto de 2018

      Olá Wagner
      Caro, você está equivocado: nenhum modelo da linha Corsa, incluindo aí a Montana, compartilha componentes com veículos da gama Fiesta. São totalmente distintos, inclusive em relação à plataforma e à mecânica.
      Abraço e obrigado por comentar.

    • Joribeiro 5 de agosto de 2018

      Wagner Santos. Não fala besteira amigo

  • Felipe 5 de agosto de 2018

    Estão esquecendo do Renault fluence eo nissan sentra que são os mesmos carros ,assim como Fiat toro e jeep renegadde!

    • AutoPapo 5 de agosto de 2018

      Olá, Felipe.
      Nesses casos que você citou, os veículos compartilham plataforma e mecânica, mas não a carroceria. Desse modo, são diferentes do ponto de vista visual. Nossa lista leva em consideração apenas modelos que utilizam a mesma carroceria e, por isso, são visualmente idênticos.
      Abraço e obrigado por comentar.

    • Jac 5 de agosto de 2018

      O cara tá falando de visual e não de plataforma. Mesma plataforma mas visual completamente diferente A Toro do Renegade

  • EZEQUIEL SINKUNAS 5 de agosto de 2018

    Faltou o Renault Clio e o Nissan Platina

    • AutoPapo 5 de agosto de 2018

      Olá, Ezequiel.
      Obrigado por comentar. O Nissan Platina não foi incluído porque ela não foi vendido no Brasil. Nossa lista traz apenas veículos que foram comercializados no mercado nacional.
      Abraço!

  • Danilo Ribeiro 5 de agosto de 2018

    Muito boa a reportagem. Relembra muito a nossa história do automóvel e sacia um pouco de nossa curiosidade e desconfiança de algumas coisas que não sabíamos.

  • José 5 de agosto de 2018

    Concordo com Alex ,a Fiat copiando modelo da concorrência quanta falta de criatividade

    • Libano 6 de agosto de 2018

      Não se trata de falta de criatividade e sim de parceria entre as montadoras

  • Sidarta Farias 5 de agosto de 2018

    Faltou a S10 e a Isuzu hombre

    • AutoPapo 5 de agosto de 2018

      Olá, Sidarta
      Primeiramente, obrigado por comentar. A Isuzu Hombre não foi incluída porque ela não foi vendida no Brasil. Nossa lista traz apenas veículos que foram comercializados no mercado nacional.
      Abraço!

  • Jardel 5 de agosto de 2018

    Sempre tive a impressão que os primeiros Hyundai Tucson e Kia Sportage compartilhavam a mesma carroceria. Isso procede?

    • AutoPapo 5 de agosto de 2018

      Olá, Jardel.
      Tucson e Sportage compartilham a mecânica e a plataforma, mas a carroceria não é exatamente a mesma.
      Abraço e obrigado por comentar.

  • mirian 5 de agosto de 2018

    Sem graça e vou Alex.
    Sim a Fiat é ótima.

    • ADAILTON BRITO DOS SANTOS RIBEIRO 5 de agosto de 2018

      Rsrsr o engraçado é que depois do Fiat Toro as outras marcas vao copiar a linha Toro

  • Edson 5 de agosto de 2018

    falando nisso até q ano foi produzido a traker com motor a diesel?

  • Luís Carlos 5 de agosto de 2018

    Esqueçam do Logus/Pointer e o Escort MK II brasileiro, também conhecido com Escort europeu, ambos compartilharam a mesma carroceria, tiveram mudanças na frente, traseira, interior e suspensão.

    • AutoPapo 5 de agosto de 2018

      Olá, Luís Carlos.
      A dupla da Volkswagen compartilhava a mecânica e a plataforma com o modelo da Ford, mas a carroceria não era exatamente a mesma, nem mesmo quanto ao tipo: o Logus era um sedã de duas portas, o Pointer era um hatch de cinco portas e o Escort de então, um hatch de três portas. Logus e Pointer usavam chapas de lataria (para-lamas, porta, capô, etc) distintos em relação ao Escort.
      Abraço e obrigado por comentar.

  • Célio* 5 de agosto de 2018

    A situação das Citroën Jumper, Peugeot Boxer e Fiat Ducato continua a mesma?

  • Alex 5 de agosto de 2018

    atualmente poderiam colocar o Gol e o Argo são quase identicos ambos sem graça.

    • carlos 5 de agosto de 2018

      Sem graça é tu Alex

  • Junior 5 de agosto de 2018

    Excelente matéria gostei mesmo 👍👍

  • Guttemberg 5 de agosto de 2018

    Bem lembrado.
    Ótima reportagem.
    Parabéns.

  • Luiz Fernando 5 de agosto de 2018

    Meu pai tem um Fiat Freemont e meu vô uma Dodge Journey 🤷🏻‍♂️😂

  • Delmo 4 de agosto de 2018

    Faltou os argentinos: Renault Trafic / Chevrolet Trafic vendidos aqui nos anos 90

    • AutoPapo 5 de agosto de 2018

      Olá, Delmo.
      Verdade, realmente houve o Trafic, que era idêntico, inclusive no nome, nas versões da Chevrolet e da Renault.
      Abraço e obrigado por comentar.

      • Irineu marcos 6 de agosto de 2018

        E o seat ibiza e a 1 geracao dos polos

  • Rodrigo Schlittler 4 de agosto de 2018

    Muito boa reportagem. Show!!

  • luiz henrique iunes pereiera 4 de agosto de 2018

    Boa tarde vcs colocam financie ate 100% do seu carro e pede entrada isso nao e financiamento d 100% E SIM 70OU 80%

    • AutoPapo 5 de agosto de 2018

      Luiz, boa tarde! Realmente havia um erro no formulário que estava impedindo de preencher a entrada de R$ 0,00. O problema foi corrigido. Obrigado pelo retorno!! Aproveito para também informar que iniciamos uma promoção de Dia dos Pais, com taxa de juros nominal de 0,89% ao mês e 10,68% ao ano, porém sujeita as seguintes condições: 40% de entrada, valor mínimo financiado de R$ 35.000,00, parcelamento mensal de 12 vezes. Confira: https://autopapo.com.br/perfil/safrafinanceira/

Deixe um comentário