Carros híbridos e elétricos exigem adaptações nas oficinas

As baterias de alta tensão podem ser responsáveis por choques elétricos fatais, caso não sejam desativadas corretamente ou entrem em contato com condutores

Por AutoPapo08/11/18 às 17h18

O Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi) chama atenção para a necessidade das oficinas mecânicas se adaptarem para atender carros híbridos. Modelos com a tecnologia chegam ao Brasil e, além de precisarem de manutenção, podem representar riscos para os funcionários despreparados.

A frota de carros híbridos e elétricos vem aumentando bem timidamente no Brasil. Ainda em 2018, esses modelos representaram menos de 0,3% dos veículos vendidos no país até julho, de acordo com dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Espera-se, no entanto, que o novo regime automotivo Rota 2030 aumente esse número de vendas, já que garante a redução de impostos para os veículos com essas características. Entenda melhor o benefício.

Cesvi chama atenção para a necessidade das oficinas mecânicas se prepararem para atender carros híbridos ou elétricos. Falta de conhecimento pode ser fatal.

A tendência pode ser comprovada pelos quatro carros híbridos e ou elétricos lançados esta semana no Salão do Automóvel de São Paulo.

Cuidados na manutenção de carros híbridos e elétricos

Os principais desafios da manutenção dos carros híbridos estão, de acordo com o Cesvi, nas particularidades desses modelos, que exigem adaptações no ambiente de oficina e cuidados extras no reparo.

Isso porque os motores elétricos são alimentados por baterias que geram alta tensão (podendo chegar a 600 volts), trazendo risco de choques elétricos fatais ao operador quando não são seguidos procedimentos para desativação de bateria e demais componentes energizados.

Também é importante ressaltar que, além de equipamentos de proteção individual (EPI) para o operador, o local em que o veículo será desmontado precisa estar isolado de água e demais condutores de energia elétrica.

Como convenção, as fabricantes de carros híbridos e elétricos utilizam cabos na cor laranja para identificar os chicotes elétricos de alta tensão, o que facilita a visualização e localização por parte do operador.

Por fim, treinamentos técnicos são essenciais para que os envolvidos com essa tecnologia saibam manusear esses novos modelos.

Vantagens na reparação de carros híbridos

O reparo dos carros híbridos se aproxima do que é feito nos modelos convencionais, movidos a combustão, quando são considerados os quesitos recuperação de chapas e reparações plásticas, com algumas vantagens.

Por terem sido desenvolvidos mais recentemente, os carros híbridos possuem características construtivas mais modernas.

Na maioria das vezes, os modelos utilizam sistemas de absorção de impacto que seguem as boas práticas mundiais de desenvolvimento de carroceria e retêm a energia de uma colisão em peças que podem ser facilmente substituídas, evitando danos à carroceria.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário