Carros PcD com melhor custo-benefício: escolhemos 7 modelos

O mercado de carros PcD está aquecido e já dispõe de várias opções, por isso, o AutoPapo selecionou os sete modelos com melhor custo-benefício

Por Fernando Miragaya12/02/19 às 13h00
Especial para o AutoPapo

A demanda por carros PcD – modelos com isenções de tributos para Pessoas com Deficiência – cresceu consideravelmente nos últimos anos e os fabricantes viram neste um mercado promissor. Praticamente todas as marcas têm departamentos e versões de carros específicos para este tipo de venda direta, o que provocou também uma saudável variedade de modelos, ofertas e condições. Elencamos sete carros PcD com melhor custo-benefício, de diferentes segmentos e marcas.

Optamos por modelos com preços até R$ 70 mil, que é o limite estabelecido por lei para compra com isenção de ICMS e IPI – acima disso só é possível o desconto do IPI. A legislação diz que para se obter o abatimento é preciso que o carro seja automóvel de passeio fabricado no Mercosul e tenha motorização até 2.0 flex.

7.  Honda Fit Personal

Carros PcD com melhor custo-benefício: Fit Personal não tem calota
Preço com isenções R$ 52.670
Preço cheio R$ 68.760
Motor 1.5 16V de 116/115 cv
Transmissão câmbio automático do tipo CVT

Principais equipamentos: controles de estabilidade e tração, assistente à partida em rampas, Isofix, luzes diurnas de LEDs, alerta de frenagem de emergência, ar-condicionado, direção elétrica, trio, chave tipo canivete com telecomando para as portas e controle de cruzeiro

O Fit inaugura o ranking de carros para PcD com melhor custo-benefício, pois consegue oferecer espaço interno otimizado sem ter dimensões exageradas por fora. O monovolume ainda dispõe de modularidade dos bancos, além da boa reputação da marca e da fama de carro que “não dá problema”. O conjunto com motor 1.5 e caixa CVT tem desempenho apenas necessário e competente.

O Fit PcD é bem equipado, mas as rodas são de aço e não vem com um simples som.

Será que o próximo carro para PcD ao menos tem calota? Confira

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 2,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
11 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • EDSON FURTADO 12 de fevereiro de 2019

    Prezados,
    As montadoras não respeitam o consumidor PCD, mesmo esta sendo uma fatia promissora.
    Se o governo tira, as montadoras tiram mais.
    se governo dá, as montadoras tiram mais ainda.
    Detalhe é que são carros pelados e a demora na hora da entrega é desmotivante.
    nenhuma delas mostra a devida atenção.
    A melhorzinha é a Citroen, mas deixa a desejar no tempo de entrega tb.

    • Patrícia Pinto Ária 13 de fevereiro de 2019

      Estou atrás de carros para cpd e vejo que é uma.exploração por parte das montadoras. O brasileiro todos sabem que é oportunista e as montadoras não iriam ficar de fora né?! Captura Renault primeiro tiraram as rodas, depois airbag a menos, chaves elétricas, multimídia e agora até a cor você não pode escolher…mais se você for acrescentar esses acessórios…meu Deus sobe 20 mil o carro…ridículo!

    • Marcos 15 de fevereiro de 2019

      Edson, se as montadoras e o governo é tão ruim assim, vá ate a css e compre um carro sem isenção. O que te impede de fazer isso?

      • Aurélo 17 de fevereiro de 2019

        Marcos, creio que voce tenha a graça de Deus em não ser um deficiente e por esse motivo não saiba a enorme despesa que se tem para sustentar essas deficiências, onde muitas vezes impedem os deficientes em disponibilizar dinheiro para comprar um carro, o que é importantíssimo para sua locomoção e justamente por essas razões que o governo conceda esses benefícios para amenizar o sofrimento das Pessoas com Deficiência, porém quando dizemos que o governo não está colaborando é pelo fato de não corrigirem monetariamente o valor de R$ 70 mil que está congelado à aproximadamente 10 ANOS e as montadoras reajustam os preços dos carros indiscriminadamente e consequentemente “depenam” seus produtos para poderem ter veículos PCD congelados em R$ 70 mil e para piorar ainda mais, agora no final de 2018 restringiram a isenção do IPVA para veículos com valores até R$ 70 mil, sendo que era liberado sem valor específico como é o IPI.

    • Gil 18 de fevereiro de 2019

      O problema é morrer na revenda do Citroen!

  • Antonio Donizeti Martins 12 de fevereiro de 2019

    Um carro cujo preço cheio é de R$ 70.000,00 não trazer nem um “radinho”, é brincadeira não é ? Eu não compro.

  • jonas japones 12 de fevereiro de 2019

    ola gostaria de ver uma materia completa com o ford focus hatch para pcd com cambio manual muitissimo agradecido

  • Roberto tavares 13 de fevereiro de 2019

    Então vcs esqueceram de mostrar o arrizzo 5 da caoa Cherry, vem muito equipado completo por um preço acessível, porém como e novidade e uma marca ainda não confiável não aparece na opinião do repórter.

  • Alessandro Fernandes 13 de fevereiro de 2019

    Deixar de fora o Arrizo 5 CVT, o Jeep Renegade e o Cronos 1.8 automático foi um pecado… Na minha opinião estes são os três melhores custo benefício para PCD. Além disso, pessoas com deficiência muitas vezes precisam de porta malas grandes, coisa que nem o Argo, nem o 208 dispõe. Aliás, na categoria hatch eu ficaria com o Yaris, esse sim é mais interessante que os dois anteriores. Para mim não são tantos modelos assim, na verdade a cada mês há menos opções, já que o limite de isenção não aumenta. E só tende a piorar…

  • Emilio Balbini 14 de fevereiro de 2019

    Esqueceram do Ford Ka Freestyle AT um carro completo. Vai ser minha opção com certeza.

  • Gil 18 de fevereiro de 2019

    Não falaram do Hyundai Creta PCD, vale a pena estudar com carinho sobre ele, um SUV digno e com revenda boa!

Deixe um comentário