Golf Variant não é mais importada e produção do hatch está suspensa

Vendas da perua nunca decolaram no mercado brasileiro; lacuna na linha Volkswagen será ocupada pelo T-Cross, SUV compacto que chega em abril

Por AutoPapo21/02/19 às 15h28

O segmento de peruas segue em processo acelerado de extinção. A mais nova vítima é a Golf Variant, que deixou de ser importada do México. A Volkswagen confirmou o fim do modelo, atribuindo-o à baixa procura. Todavia, a station wagon continua no site comercial da empresa alemã, uma vez que ainda existem unidades nos estoques das concessionárias. A informação foi publicada em primeira mão pelo site Autos Segredos.

A Volkswagen não mente quando diz que a demanda pela Golf Variant está em baixa. Ao longo de todo o ano passado, apenas 503 unidades da perua foram emplacadas no país. Em janeiro deste ano, as vendas do modelo não passaram de 45 exemplares.

Volkswagen Golf Variant não é mais importada para o Brasil

A Golf Variant foi lançada no Brasil em 2016. Em 2018, passou por uma reestilização, juntamente com a versão hatch da gama. Desde então, a perua vem sendo comercializada em duas versões: Comfortline e Highline. Ambas são equipadas com o motor 1.4 250 TSI, capaz de desenvolver 150 cv de potência e 25,5 kgfm de torque tanto com gasolina quanto com etanol. O câmbio é sempre automático de seis marchas.

Com o fim da importação da Golf Variant, o mercado brasileiro não dispõe mais de nenhuma perua média fora do segmento premium. Na categoria de station wagons compactas, apenas a Fiat Weekend ainda resiste, uma vez que a Volkswagen também deixou de produzir a SpaceFox na Argentina, de onde era importada para o Brasil.

Volkswagen Golf Variant não é mais importada para o Brasil

O motivo da derrocada das peruas é a preferência dos consumidores pelos SUVs. Enquanto as stations vêm apresentando quedas nas vendas há anos, os utilitários têm demanda crescente. A própria Volkswagen aposta que a lacuna deixada pela Golf Variant será preenchida pelo T-Cross, que já está em pré-venda.

Enquanto Golf Variant foi extinta, Golf hatch está ameaçado

Outro segmento que está sendo engolido pelos SUVs é o de hatches médios. As vendas desses veículos também estão em queda há anos, e vários fabricantes já desistiram de comercializar modelos do gênero no país. Peugeot 308, Fiat Bravo e Hyundai i30 já saíram do mercado e não tiveram sucessores diretos. Já a Ford anunciou que, em maio próximo, vai deixar de produzir a linha Focus na Argentina. Consequentemente, as importações para o Brasil serão encerradas.

A Volkswagen, por sua vez, suspendeu a produção do Golf hatch em São José dos Pinhais (PR). A marca alemã informa que essa ação é apenas temporária. Todavia, o fim da importação da Golf Variant e o declínio do segmento como um todo levantam suspeitas sobre o futuro do modelo no mercado nacional.

Fotos Volkswagen | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    igor 16 de abril de 2019

    o golf nao e so um carro e uma lenda! deixar de fabricar ele faz com que a montadora perca todo seu carisma !!!

  • Avatar
    Marcos Leal 22 de fevereiro de 2019

    Uma grande perda… Infelizmente as pessoas preferem as pata chocas “pseudo” SUVs que tem menos espaço, menos estabilidade, consomem mais, andam menos, mas são “altinhas”. ..

Avatar
Deixe um comentário