Híbrido flex: Toyota apresenta Prius que bebe álcool

Como antecipou o AutoPapo, a montadora apresentou, hoje, o primeiro híbrido flex do mundo, durante cerimônia em Brasília

Por AutoPapo 13/12/18 às 16h30

Como antecipou o AutoPapo, a Toyota anunciou, hoje (13), a produção do primeiro veículo híbrido flex do mundo. O veículo é capaz de rodar com gasolina ou etanol brasileiro ou apenas eletricidade. O projeto contou com a participação de engenheiros da Toyota do Japão e do Brasil.

Como antecipou o AutoPapo, a Toyota apresentou, hoje, o primeiro carro híbrido flex do mundo, desenvolvido sobre a plataforma do Prius.
O Presidente Michel Temer participou da cerimônia de apresentação do Toyota Prius híbrido flex, em Brasília.

“A história da Toyota é caracterizada por grande coragem frente aos novos desafios e em sua busca incessante por soluções inovadoras e tecnológicas. Foi assim com o lançamento do Prius em 1997, e é assim agora com a confirmação da produção deste que será o híbrido mais limpo do mundo. Este é um marco, não só para a Toyota do Brasil, mas para toda a indústria nacional e estou muito orgulhoso dos nossos engenheiros, que trabalharam em conjunto com a equipe de nossa matriz para oferecer esta solução híbrida a etanol aos clientes brasileiros”, diz Steve St.Angelo, CEO da Toyota para América Latina e Caribe e chairman da Toyota no Brasil, Argentina e Venezuela.

A produção do modelo está prevista para o fim de 2019.

Segundo a marca, o projeto está “em linha com o Rota 2030, que oferece previsibilidade para as empresas investirem no longo prazo no país” e estabelece incentivos à fabricação de carros mais eficientes.

A fabricante também afirma que realizou estudos que encontraram, no híbrido flex, um dos mais altos potenciais de compensação e reabsorção na emissão de CO2. A conta é feita desde o início da cadeira produtiva, com o etanol extraído da cana-de-açúcar, passando pela disponibilidade nas bombas de abastecimento e sua queima no processo de combustão do carro. Quando abastecidos apenas com etanol (E100), os resultados se mostraram ainda mais promissores.

Testes com protótipo híbrido flex

A Toyota conta que realizou diversos testes de rodagem com um protótipo híbrido flex no Brasil, construído sobre a plataforma do Prius, híbrido da marca. A fabricante buscou avaliar a durabilidade do carro em diversos tipos de estradas para avaliar o conjunto motor-transmissão quando abastecido com etanol. Ela também afirma ter coletado ma série de dados de performance e comportamento, que serviram para equilibrar o conjunto.

“Este é um trabalho que […] destaca o Brasil no cenário mundial das alternativas para a eletro mobilidade, como produtor de um dos automóveis mais limpos do mundo, em consonância com o Programa Rota 2030”, afirma Rafael Chang, presidente da Toyota do Brasil.

Foto Palácio do Planalto | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Cesar J Bonjuani Pagan 27 de dezembro de 2018

    Hoje eu coloquei no google “álcool+híbrido” pela curiosidade de saber se já havia essa alternativa e tive a grata surpresa de encontrar esta notícia. Álcool é um recurso renovável e sua contribuição para o efeito estufa é muito menor do que a dos combustíveis fósseis. Meus sinceros parabéns, principalmente aos engenheiros e o pessoal técnico que criou essa alternativa: vocês fizeram uma boa engenharia!

Avatar
Deixe um comentário