[Impressões] JAC T50 está mais potente, mas desempenho não empolga

Além do novo motor 1.6, SUV ganhou novos acabamentos; número de equipamentos de série também é destaque no chinês movido exclusivamente a gasolina

Por Laurie Andrade14/11/18 às 16h06

A JAC apresentou a nova geração do T5, que agora recebe o nome de JAC T50. O SUV chinês chega às lojas reestilizado ainda neste mês de novembro, com melhorias nos quesitos motorização, design e conforto. O desempenho, no entanto, ainda deixa a desejar. O motor 1.6 de 138 cv e 17,14 kgfm de torque é herança do T40 e carrega um legado indesejável: só funciona a gasolina. O câmbio automático é do tipo CVT com simulação de seis marchas.

O modelo, assim como outros da marca, chama atenção pelo número de equipamentos de série. O T50 supera os concorrentes Nissan Kicks, Honda HR-V e Jeep Renegade quando o assunto são as tecnologias embarcadas nas versões de entrada. A relação custo-benefício do carro agrada.

São oferecidas duas configurações do SUV da JAC: a primeira tem preços a partir de R$ 83.990 e a segunda custa R$ 87.990.

O rodar do T50 é suave, a suspensão é macia e a posição para dirigir é confortável. Na estrada, as reduções de marcha são lentas e acontecem perto dos 5.000 rpm. Pisando agressivamente ou acelerando gradualmente, o carro demora a responder. Fazem falta as borboletas para facilitar a redução e um bom desempenho nas retomadas, que são sofridas.

Em freadas intensas, o disco do SUV vibra. Quando o motorista exige muito o motor, o ruído na cabine incomoda.

Apesar de apresentar ajuste da coluna de direção, o volante só pode sofrer alterações de altura. O T50 fica devendo o ajuste de profundidade. O SUV conta, em todas as configurações, com controles de estabilidade e tração. As rodas são de liga leve de 16 polegadas.

O espaço interno é bom para adultos. Todos os assentos oferecem encosto para cabeça e cinto de três pontos. O JAC T50 também é equipado com ancoragem isofix e tem espaço mais que suficiente para pernas.

O interior do T50 é muito bem acabado. Os bancos são de couro, assim como parte do painel e das portas. Até os difusores de ar têm um design interessante. A presença de duas entradas USB, uma na frente e outra no console central, virada para o banco traseiro, facilita o carregamento de dispositivos móveis.

A tela é de 8 polegadas, mas não usa os sistemas Android Auto e Apple Car Play. Além de ser menos intuitivo, o Easy Connection não é compatível com todos os aparelhos. Só conseguimos espelhar um Iphone.

Na versão completa, o JAC T50 conta com 5 câmeras e visão 360º. A tecnologia, aliada aos sensores de estacionamento na parte dianteira e traseira facilitam nas manobras e na segurança. Caso o motorista se envolva em um acidente, por exemplo, pode utilizar as imagens para provar o que realmente aconteceu.

O JAC T50 não tem versão para pessoa com deficiência (PcD), porque é importado e não se enquadra em todos os requisitos para isenção de impostos.

Itens de série do T50

O SUV traz, de série, ar-condicionado digital e automático, vidros das quatro portas com antiesmagamento, trava central e retrovisores com acionamento elétrico e função one-touch para os vidros, alarme antifurto, assistente de partidas em rampa, sistema que identifica quando algum dos pneus está com calibragem 20% abaixo da recomendada, sistema de freios com ABS, pedal “inteligente” de freio, que anula a aceleração quando os dois pedais são pressionados simultaneamente e assistente nas frenagens de pânico.

O JAC T50 ainda tem faróis com regulagem elétrica de altura, faróis de neblina dianteiros e traseiro, luzes de conversão estática, volante multifuncional e direção com assistência elétrica.

Na versão mais completa do SUV, a Pack 3, somam ao conjunto os equipamentos câmera 360º graus, câmera de ré, rebatimento elétrico dos retrovisores, faróis com acendimento automático, luzes diurnas em LED, rack no teto, volante revestido em couro e kit multimídia.

O teto bicolor do T50 é feito por meio da instalação de um adesivo, ao contrário de modelos, nos quais esse recurso é obtido por meio da pintura da capota, ainda na fábrica.

Na foto, abaixo, é possível enxergar as “dobras” do adesivo no final da coluna.

O AutoPapo avaliou o JAC T50. A nova geração do SUV T5 está mais potente e mais bem acabada. Apesar das novidades, desempenho ainda deixa a desejar.

Dimensões do JAC T50

  • Comprimento: 4,3 m;
  • Largura do SUV: 1,7 m;
  • Altura: 1,6 m;
  • Entre eixos do JAC: 2,5 m;
  • Capacidade do porta-malas: 600 l;
  • Capacidade do tanque de combustível: 42 l.

Para comparar o SUV atualizado com a versão antiga, acesse a avaliação do T5 realizada pelo AutoPapo.

2 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Luis Santos 21 de novembro de 2018

    Qual o peso do carro?

  • Antonio Chelotti 15 de novembro de 2018

    O que assusta é o número reduzidíssimo de assistência técnica (concessionaria) .

Deixe um comentário