Ministro comenta as prioridades do governo com relação ao trânsito

Temas já debatidos por Jair Bolsonaro, como renovação da CNH, diminuição de radares e simuladores foram apontados como urgentes

Por AutoPapo03/04/19 às 19h39

O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, falou à Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados sobre os assuntos relacionados ao trânsito que serão prioridade para o novo governo. Dentre eles estão alguns pontos já citados pelo presidente Jair Bolsonaro.

Além de discursar sobre as concessões de rodovias e a conclusão de obras iniciadas, Freitas comentou sobre a reorganização do ministério, que está ligado ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e Conselho Nacional de Trânsito (Contran). De acordo com ministro, o Conselho contará sempre com a presença de ministros ou secretários de Estado. Isso para que as determinações sejam sempre expedidas com base em decisões bem pensadas.

Sobre o preço da emissão da Carteira Nacional de habilitação (CNH) e a frequência para sua renovação, o executivo afirmou incisivamente: “está na hora de mexer nisso”. Segundo Freitas, o objetivo do governo é diminuir os gastos e “facilitar a vida dos condutores sem comprometer a segurança”.

Outra questão apontada foram os postos de paradas para caminhoneiros nas rodovias concedidas, que agora serão uma obrigação.

O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, discursou, na Câmara dos Deputados, sobre quais serão as prioridades do governo em relação ao trânsito.

Recentemente Bolsonaro afirmou que impediu a instalação de oito mil radares eletrônicos. Questionado sobre essa decisão, o ministro justificou que a ideia é analisar os indicadores de pontos críticos e manter radares apenas em locais necessários, como centros urbanos e trechos próximos a problemas geométricos. O executivo aproveitou a ocasião para esclarecer que o presidente está aberto ao diálogo e que escuta os conselhos técnicos.

“É preciso equilibrar os gastos com a manutenção dos radares já existentes e o controle de velocidade”, explicou Freitas.

Duas exigências que estão na pauta para extinção são os simuladores e as aulas noturnas. Para a nova gestão, as aulas só poderiam ser obrigatórias se o Estado oferecesse segurança para os instrutores e alunos. Os simuladores, segundo o ministro, não somam em nada na formação dos condutores.

Por fim, também com relação ao assunto “trânsito”, estão a implementação de tecnologia da informação nas rodovias e a educação à distância (EAD).

Foto José Cruz | Agência Brasil

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
9 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Luis Fernando Eorm 5 de maio de 2019

    Trânsito e tudo que envolve os custos virou uma indústria que movimenta um mercado milionário onde uma minoria se emprega e enriquece as custas dos trabalhadores que precisam se locomover trabalhar e movimentar a economia para que o Pais não pare e essa indústria e mais um fardo colado no brasileiro tentando criar todo dia uma ferramenta a mais de faturamento isso tem que acabar e muita gente enriquecendo com auto escola renovação industria da multa bla bla bla chega o povo que produz riqueza para o País quer um basta nesse comércio cada dia uma invenção nova a última é trocar as placas vê se pode qual será a próxima?

  • Avatar
    JOANA 18 de abril de 2019

    NOSSO TRÂNSITO É O ESPELHO DO POVO. MOREM EM MÉDIA 52 MIL PESSOAS VITIMAS DE ACIDENTES DE TRANSITO NO BRASIL. É O MESMO QUE SE CAISSE UM AVIÃO POR DIA. MORREM MAIS PESSOAS NO TRANSITO DO QUE VITIMAS DE TIROS. SEM FALAR NAS QUE FICAM SEQUELADAS ONERANDO NOSSOS BOLSOS E TIRANDO O LUGAR DE OUTRAS PESSOAS PARA SEREM ATENDIDAS NOS HOSPITAIS. TEMOS O QUE MERECEMOS. O VALOR DE UMA CNH É CONDIZENTE AO QUE ELA DISPÕE PRO CIDADÃO HABILITADO: COMODIDADE, RENDA, INDEPENDÊNCIA… CDA COISA TEM O SEU VALOR. PRATICAR GOLF SAI MAIS CARO QUE JOGAR FUTEBOL, POR EXEMPLO. A ESCOLHA É LIVRE. E EDUCAÇÃO É O QUE FALTA NESTE PAIS, CFC É UMA ESCOLA, OU SEJA UM CENTRO DE FORMAÇÃO DE CONDUTORES. FARDOS DE CERVEJA NÃO CUSTAM CARO MAS OBTER UMA CNH SIM????

  • Avatar
    Júnior Lima 8 de abril de 2019

    O prazo de 5 anos já é de bom tamanho seguindo o que a legislação diz que em caso haja a necessidade de redução assim seja feita ou depois dos 65 anos a cada 3 anos. O que deveria mudar seriam as taxas cobradas pelos Detrans abusivas para abrir processo da habilitação, IPVA que é altíssimo de estado para estado deveria ser um valor sem seguir a tabela Fipe. Aumentar a carga horária da prática veicular e agilizar o processo da prova prática que hoje é de até 3 a 4 meses depois de concluir as aulas práticas aumentando assim considerável a reprovação dos alunos.

    • Avatar
      Jhhhhhh 13 de abril de 2019

      Meu amigo vc esta oor fora ou com dinheiro sobrando ou por fim e dono de alguma clínica dentro dessa mafial ..pra mim não deveria e nunca ter renovação..

  • Avatar
    Thiago 4 de abril de 2019

    BOA TARDE, BORIS FELDMAN, EU QUERIA, O SENHOR COMENTASSE, O NOVO PROJETO DO DENATRAN, DETRAN MG,Novo processo de mudança na CNH causa polêmica, NA RENOVAÇÃO DA CNH E MUDANÇA DAS CATEGORIAS, O LINK DA REPORTAGEM,https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/edicao/2019/04/04/videos-eptv-1-sul-de-minas-de-quinta-feira-4-de-abril.ghtml, NA MINHA OPINIÃO, O DETRAN DE MG, QUE TIRAR O COURO DO POVO MINEIRO, PRINCIPALMENTE TIRAR O COURO DO BRASILEIRO, AS AUTOS ESCOLAS DO BRASIL, TEM MELHORAR QUALIDADE DO ENSINO, NINGUÉM APRENDEM COM AULAS DE DIREÇÃO DE 50 MINUTOS, AS AUTOS ESCOLAS DO BRASIL, GANHAM MUITOS RIOS DE DINHEIRO, DEPOIS, SE FALAR, AS AUTOS ESCOLAS NÃO GANHA DINHEIRO, EU FALO, É UMA BELA MENTIRA.

    • Felipe Boutros
      Felipe Boutros 5 de abril de 2019

      Olá, Thiago. Vamos encaminha a sua sugestão ao Boris Feldman.

      Obrigado e abraço

  • Avatar
    Caca 4 de abril de 2019

    É bom mesmo o Governo Federal reduzir os gastos com a Retirada da CNH, pois atualmente virou mercado por parte dos donos de Auto Escolas, os valores cobrados por um documento tão necessário.

  • Avatar
    Marcelo 4 de abril de 2019

    Aumentar validade da CNH é um retrocesso, pois em países desenvolvidos a validade da CNH é até menor que 5 anos. 10 anos pode diminuir a capacidade física e mental de um motorista além de diminuição de capacidade psicológica

    • Avatar
      Lindomar Miranda Marques 13 de abril de 2019

      Comentário chulo, peça lá só pra você renovar sua CNH de 1 e 1 ano , já pra mim peço que não renovasse e nunca mais… Em alguns países CNH e como qualquer outro documento tirou acabou , não tem mais essa enchesssao de saco.

Avatar
Deixe um comentário