JAC investe em gama de veículos elétricos no Brasil

Com lançamentos, a marca chinesa terá a maior gama de carros elétricos do mercado brasileiro: serão 5 modelos, inclusive picape e caminhão

Por AutoPapo 13/09/19 às 11h30
Clique para ouvir
Voiced by Amazon Polly

Na segunda-feira (16), a fabricante chinesa JAC deu início a uma revolução em sua gama no Brasil: foram apresentados dois de cinco novos veículos elétricos no mesmo dia, incluindo o primeiro caminhão elétrico do Brasil, uma picape, um compacto e dois SUVs.

JAC iEV20 carro elétrico: A JAC fez uma grande aposta nos veículos elétricos para o Brasil, e passará a vender cinco novos modelos, incluindo SUVs, picape e caminhão.
JAC iEV20 se tornou o carro elétrico mais barato do Brasil

A marca esclarece que continuará vendendo o restante da linha hoje ofertada no Brasil, como os SUVs T40, T50 e T80, além do caminhãozinho V260. A eles, se juntam os novos iEV20, iEV40, iEV60, a picape iEV330P, e o caminhão iEV1200T.

Uma das novidades, o iEV20, se tornou o mais barato entre os veículos elétricos do Brasil. Ele está sendo oferecido por R$ 119.990. Isso representa uma diferença de R$ 30 mil em relação ao segundo modelo mais acessível, o Renault Zoe, oferecido por R$ 149.990.

jac iev20 A JAC fez uma grande aposta nos veículos elétricos para o Brasil, e passará a vender cinco novos modelos, incluindo SUVs, picape e caminhão.

O compacto da JAC tem 68 cavalos de potência máxima, e 21,9 kgfm de torque, com velocidade máxima de 112 km/h. A bateria tem capacidade de 41 kWh, e autonomia entre cargas de 400 quilômetros em ciclo NEDC.

As entregas para o modelo, que já aparece no site da JAC, começam em janeiro de 2020.

Veículos elétricos da JAC têm pitada de Volkswagen

Na China, país de origem da marca, a JAC tem parceria com a Volkswagen. Por isso, alguns dos modelos foram desenvolvidos com a ajuda da alemã, como o utilitário esportivo iEV40.

Ele foi apresentado em junho, e também já está disponível no site da marca. Por algum tempo, segurou o título de mais barato entre os carros elétricos no Brasil. Contudo, depois de reajustes, está na terceira posição, depois do Zoe.

O modelo é um SUV compacto baseado no T40, com potência máxima de 115 cv e torque de 27 kgfm. A bateria é de 40 kWh, e o iEV40 tem autonomia para rodar 300 km entre cargas.

O preço sugerido é de R$ 153.500.

Além desses dois veículos elétricos, a JAC também apresentou, no dia 16, o iEV60, para a categoria dos SUVs de porte médio. Ele é baseado no T60, tem bateria de 62 kWh, e autonomia de 380 km.

O preço será de R$ 198.900, e o modelo começa a ser vendido em julho de 2020.

Outra novidade da chinesa é uma picape elétrica, a iEV330P, com bateria de 67 kWh e autonomia de 320 km. Ela deve ser oferecida em duas configurações.

As vendas do modelo começam em abril de 2020, e o preço será de R$ 229.000.

Primeiro caminhão elétrico do Brasil é da JAC

Para completa sua gama de veículos elétricos, a chinesa vai trazer, também, um caminhão elétrico, o iEV1200T. Ele será o primeiro da categoria no Brasil. O modelo custará R$ 259.000, e as vendas têm previsão para começar em novembro deste ano.

A JAC fez uma grande aposta nos veículos elétricos para o Brasil, e passará a vender cinco novos modelos, incluindo SUVs, picape e caminhão.

O caminhão elétrico da JAC tem bateria de 97 kWh e autonomia de 200 km, também em ciclo NEDC. O iET 1200 tem torque de 122 kgfm e potência máxima de 177 cv, com peso bruto total de 5,8 toneladas.

Ele será importado da China.

Parceria com EDP para carregadores de veículos elétricos

A JAC também formará uma parceria com a EDP para fornecer carregadores para clientes que adquirirem os carros elétricos da marca. De acordo com comunicado da EDP, a colaboração inclui preços especiais para soluções de mobilidade elétrica.

Além disso, a empresa também será a responsável por instalar 30 postos de carregamento nas concessionárias da marca chinesa.

Fotos JAC | Divulgação

Matéria atualizada em 17/9/2019

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (5 votos, média: 4,40 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
15 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Fabio Martins de Ávila 15 de setembro de 2019

    Como uma pessoa abre a boca para falar uma asneira dessas, o carro JAC são aprovados pelas normas europeias que é a mais exigente do mundo. Marcelo fica uma dica não viva igual papagaios que repete o que os outros dizem, vai estudar e ter propriedade para falar.

  • Avatar
    Ryan Rodriguea Lopes 15 de setembro de 2019

    Nunca mais compro carro da Jac Motors. Não tem peças nas CS. Pós venda horrível. Não tem compromisso com o cliente. Tem 5 anos que espero a entrega de uma faixa esportiva do J3 que me venderam faltando. Não temos mais CS em Minas Gerais. Furada total. Depreciação na revenda.

  • Avatar
    Reinaldo Moura 15 de setembro de 2019

    Gosto muito desta tecnologia, queria compra um carro elétrico mas os preços estão caros

  • Avatar
    Atabisio 14 de setembro de 2019

    Pior que carro Chinês é a Gasolina e a Petrobras como a Pole Position. Que venham carro Chinês, Japonês e Coreanos e que o Governo faça a parte dele principalmente com a redução das taxas tributarias uma Vergonha Nacional.

  • Avatar
    Atabisio 14 de setembro de 2019

    Pior que Carro Chinês são os carros movido a Gasolina onde tem como Pole Position a Petrobras e as altas taxas tributárias. Que venha os carros elétricos Chinês, Japonês e Coreanos

  • Avatar
    CARLOS ANTONIO MORELLI 14 de setembro de 2019

    Todas pessoas de Adão para cá quando morreram, o mundo estava no ápice da tecnologia desenvolvida.
    Estamos na nossa época e no cume do desenvolvimento. A JAC saiu na frente aqui no Brasil e os derrotistas se arissaram e começaram a maldizer. A JAC espero, vai mandar a Chevrolet pro buraco.

  • Avatar
    Carlos Pereira 14 de setembro de 2019

    Lançamentos de carros elétricos

  • Avatar
    MARCELO NOGUEIRA LIMA 14 de setembro de 2019

    Talvez com a reforma tributária e com um novo programa de incentivo ao setor automotivo se consiga baratear os elétricos. Deveriam fazer isso e exportar mais petroleo….

  • Avatar
    Cláudio Ferreira vaz 14 de setembro de 2019

    Queria um para min trabalhar naa Como taxista. Mas o preço é.muito alto para meus.padrões de vida ajude.eu comprar um carro de vcs para eu divulgar entre os taxista. De Minas Gerais ficarei muito feliz. Estarei Aquardando a suas resposta

  • Avatar
    Gustavo 13 de setembro de 2019

    Pelo visto se fuderam

  • Avatar
    MARCELO 13 de setembro de 2019

    Por isso que não dá para comprar carro chinês. Se não bastasse a falta de qualidade, não são confiáveis comercialmente. Como ficam as pessoas que compraram recentemente T40, T50 e outros da JAC. Vão ter que fazer que nem avestruz? Enfiar a cabeça num buraco e deixar o mundo rodar? Tem que pegar todos os carros chineses, botar num navio e mandar de volta pra China.

    • AutoPapo
      AutoPapo 14 de setembro de 2019

      Olá, Marcelo.

      Retificamos o texto. a JAC informou que CONTINUARÁ vendendo seus modelos com motor a combustão no mercado brasileiro.

    • Avatar
      Carlos Eduardo 14 de setembro de 2019

      Olá Marcelo, você está falando besteira, pois a JAC continuará vendendo os carros a combustão assim como todas as marcas irão fazer. Será novas opções no mercado.
      E outra coisa, os carros da JAC são ótimos, tenho um J3 Turin e não tenho do que reclamar, ótimo carro, não dá dor de cabeça.

    • Avatar
      Carlos Eduardo 14 de setembro de 2019

      Oi Marcelo, você está falando besteira, pois a JAC continuará vendendo os carros a combustão assim como todas as marcas irão fazer. Será novas opções no mercado.
      E outra coisa, os carros da JAC são ótimos, tenho um J3 Turin e não tenho do que reclamar, ótimo carro, não dá dor de cabeça.

      • Avatar
        Rubens 15 de setembro de 2019

        eu tenho um t40 é um carro fantástico

Avatar
Deixe um comentário