Dia do Motorista: homenagem a uma espécie em extinção

Com a evolução das tecnologias de assistência e carros autônomos, o condutor ao volante do carro tem se tornando cada vez mais desnecessário

Por Bárbara Angelo 25/07/19 às 10h00

No dia 25 de julho, o Brasil celebra, além de São Cristóvão, o padroeiro da categoria, o Dia do Motorista. A data é voltada para os condutores, classe em que muitos se enquadram, seja profissionalmente ou apenas para cobrir o trajeto entre a casa e o trabalho, no cotidiano. E em 2019, já podemos considerar que essas pessoas logo entrarão em extinção.

Com o avanço das tecnologias de assistência e autonomia, o condutor ao volante do carro, homenageado no Dia do Motorista, tem se tornando desnecessário.

Com o avanço da tecnologia aplicada aos carros, que tem andado a velocidade assustadora, a presença de um condutor dentro do veículo tem se tornado cada vez mais desnecessária. É verdade que ainda estamos longe de um mundo sem eles, já que ainda são necessários muitos avanços tecnológicos.

Até lá, também será preciso que a legislação de trânsito, ao redor do mundo, se adapte a esses novos tipos de veículos. Ainda assim, hoje, a vida dos condutores já é muito mais fácil do que foi um dia. Por isso, no Dia do Motorista, é legal relembrar os principais recursos de autonomia e assistência à direção que já equipam carros e outros meios de transporte.

Carros que andam sozinhos

Ainda nesta semana, foi aprovado, na Alemanha, um estacionamento autônomo da Mercedes-Benz. As autoridades locais permitiram que a fabricante colocasse o espaço em funcionamento. Nele, carros com nível 4 de autonomia podem estacionar sozinhos, sem qualquer supervisão humana.

O local conta com sensores próprios, assim como os veículos. Dessa forma, o condutor pode simplesmente desembarcar e ativar, por meio de um aplicativo de celular, a função de estacionar. O carro encontrará uma vaga e se posicionará nela, parando para qualquer obstáculo e podendo subir e descer rampas.

Imagina se o recurso fosse mais disseminado? Seria uma ótima homenagem para o Dia do Motorista. Veja a tecnologia em funcionamento no vídeo:

Embora ainda não disponhamos de um carro que estaciona completamente sozinho no dia a dia brasileiro, muitos veículos já contam com a função de assistência para o serviço. Um exemplo é o Jeep Compass. O SUV é capaz de encontrar uma vaga na mesma rua em que está, e fazer todas as manobras para entrar nela.

Dia do Motorista ainda tem motorista, mas assistido

O espaço pode do tipo paralelo ou perpendicular, e o utilitário vai regular o ângulo do volante para balizas e se posicionar da melhor forma para que a manobra seja bem sucedida. Ao motorista, resta apenas o papel de acelerar e frear nos momentos em que o sistema emitir avisos.

No Dia do Motorista, também vale a pena lembrar do Piloto Automático Adaptativo, também conhecido como Controle de Cruzeiro Adaptativo, ou pela sigla ACC. O recurso já está presente em alguns carros há alguns anos, e pode aposentar o condutor em diversos momentos.

Com essa tecnologia, sensores e centrais eletrônicas do carro detectam a distância e a velocidade do veículo à frente e o acompanham. Se ele frear, o carro também freia. Se ele acelerar mais do que o desejado, o carro atingirá a velocidade máxima des:ejada, e não passará dela.

Veja um carro com ACC em funcionamento:

A depender do modelo e do nível de avanço, esse sistema também pode ser acompanhado por recursos de frenagem automática de diversos níveis. Assim, além do controle da velocidade, o carro pode diminuir o impacto ou até mesmo evitar uma colisão. Esse é outro avanço tecnológico que celebra o condutor no Dia do Motorista.

Veja o sistema de frenagem automática em funcionamento:

Também é possível que um veículo menos avançado seja equipado com recursos de alerta de colisão. Nesse caso, ao invés de frear, o sistema emite um alerta para que o condutor o faça. Já existem, inclusive, acessórios para carros que oferecem essa função.

Um acessório para o Dia do Motorista

Este é o caso do Mobileye 8, um aparelho que pode ser instalado em qualquer veículo. Ele inclui câmeras e uma central eletrônica para detectar situações de risco e alertar o condutor. Por poder ser instalado em qualquer carro, é um tributo digno para o Dia do Motorista.

E ainda tem mais. Alguns carros também são equipados com um sistema ativo de permanência em faixa. Com ele, o veículo faz correções automáticas no volante, detectando os limites das faixas de trânsito.

mobileye 8 2
Mobileye 8 (Mobileye | Divulgação)

Essas e outras diversas funções de autonomia já existem em carros vendidos, hoje, em todo o mundo, inclusive no Brasil.

No futuro tem volantes?

Enquanto isso, o desenvolvimento dessas tecnologia segue em expansão. Enquanto a Mercedes conseguiu autorização para fazer funcionar seu estacionamento para carros autônomos de nível 4, esses carros ainda não estão à venda.

Atualmente, o veículo com autonomia mais avançada do mundo é o Audi A8 europeu, que alcança o nível 3. Contudo, o Japão também está se preparando para um Dia do Motorista sem motoristas.

conceito carro autonomo volkswagen id vizzion
Conceito ID Vizzion, da Volkswagen, não tem volante, mas faz parte da família de elétricos ID da marca, que será lançada em um futuro próximo (Volkswagen | Divulgação)

O país já anunciou que, para a ocasião das Olimpíadas de 2020, em Tóquio, quer ver carros autônomos circulando pelas ruas da cidade. Para tanto, já preparou sua legislação de trânsito para permitir que condutores tirem as mãos do volante quando estiverem em autônomos de nível 3.

Até lá, fabricantes seguem fazendo testes e colocando à prova a autonomia que desenvolveram, como é o caso da Tesla, que faz veículos considerados de nível 2,5. Veja, no vídeo abaixo, uma demonstração do Autopilot da marca americana.

Lembrando que, como é informado no início da cena, o condutor só está no carro devido às exigências da legislação.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Fabiano Valer 25 de julho de 2019

    Novos tempos.
    Na Europa e na China já existem carros sem motorista. É a tendência. Carros compartilhados e sem motorista. O Uber já está acostumando as pessoas a usarem aplicativos para solicitarem um carro.
    È muito interessante a experiência de se andar em um carro que se move sozinho, sem volante e sem motorista.

Avatar
Deixe um comentário