Novos hatches e sedãs 2020: quais são e quando chegam

O ano que vem promete ser agitado para SUVs, mas hatches e sedãs também terão seu lugar ao sol nos mais variados segmentos

Por Fernando Miragaya 23/12/19 às 10h00
Especial para o AutoPapo

O ano que vem promete ser agitado para SUVs, mas hatches e sedãs também terão seu lugar ao sol. Os fabricantes preparam lançamentos em diferentes segmentos e com propostas distintas. Veja o que vem por aí.

Nissan Versa 2020

novo versa nissan frente

Com jeitão do novo Sentra, a segunda geração do Versa vem para brigar no chamado segmento de compactos premium, com VW Virtus, Fiat Cronos etc.

O Niissan Versa 2020 chegará do México no segundo trimestre com motor 1.6 16V e câmbio CVT – um motor turbo três cilindros com potência acima de 110 cv também é esperado. Mais equipado e melhor acabado, será negociado com preços iniciais de R$ 60 mil.

O Versa atual seguirá em produção em Resende (RJ), só que com o novo nome global: V-Drive. Este brigará na base do mercado com motor 1.0 aspirado e preços entre R$ 45 mil e R$ 55 mil.

Novo Peugeot 208

peugeot 208 2020 divulgacao 1160x820

A marca francesa confirmou a produção do novo Peugeot 208 em El Palomar, na Argentina. Será lançado entre abril e maio com o conhecido motor 1.2 PureTech de até 90 cv e uma variante turbinada deste propulsor é aguardada – com potência estimada acima dos 120 cv.

O desenho segue o europeu, com uma frente moderna e agressiva – destaque para as luzes de condução diurnas verticais que lembram as presas de um tigre de sabre. O novo 208 será outro a conviver com a geração antiga, que seguirá em produção em Porto Real (RJ) apenas em versões aspiradas e mais básicas.

Honda Accord híbrido

accord salao toquio

O sedã médio-grande da marca japonesa finalmente estreará seu conjunto híbrido em terras brasileiras. O Accord híbrido vai ostentar potência combinada de 184 cv e virá no início do segundo semestre, já com a reestilização de meia-vida que receberá nos EUA.

A ideia é bater de frente diretamente com o Ford Fusion Hybrid e alguns modelos da Lexus. O problema deverá ser o preço, já que o Accord híbrido não deve vir por menos de R$ 200 mil.

VW Polo GTS e Virtus GTS

O trato esportivo na dupla compacta já poderá ser conferida antes do Carnaval. Mostrados no Salão de São Paulo 2018, o Polo GTS e o Virtus GTS vão além do desenho esportivo cheio de apliques vermelhos por dentro e por fora.

Direção, suspensão e freios, além do câmbio automático de seis marchas, receberam um trato para fazer jus ao motor 1.4 TSI de 150 cv. Por isso, espere respostas mais rápidas, mudanças de marcha mais ágeis e acerto mais firme no Polo GTS e no Virtus GTS.

Caoa Chery Arrizo 6

chery arrizo6 1280x640

A Caoa Chery confirmou que vai lançar seis novos modelos em 2020. Entre eles, o Arrizo 6 quer dar trabalho a Toyota Corolla, Honda Civic e Chevrolet Cruze. O sedã médio será produzido em Jacareí (SP) e será lançado no segundo trimestre do ano que vem.

O motor deve ser o 1.5 turbo de 150 cv, mas o carro virá com preço inicial de R$ 90 mil e bastante recheado para atrair pelo custo/benefício.

Novo Sentra

Nissan Sentra (Foto Nissan | Divulgação)

O novo Sentra ficou maior, bem mais bonita e bastante tecnológica. A grade frontal em V dá origem à moldura dos novos faróis horizontais e finos. No porte, o modelo está 5 cm mais comprido e 5 cm mais baixo, o que lhe confere uma pegada mais esportiva.

O novo Sentra adota nova suspensão independente na traseira, câmera 360º, controle de cruzeiro adaptativo com frenagem automática de emergência, entre outros itens.

O sedã da Nissan mostrado no último Salão de Los Angeles e será produzido no México, mas sua vinda para cá está em estudos. Isso porque a marca sabe como é dura a vida de um modelo para brigar com Toyota Corolla e Honda Civic. Se vier, chega no segundo trimestre de 2020.

Honda Fit

fit crosstar

O novo Fit foi revelado no Salão de Tóquio com um desenho bastante controverso – parece um bichinho de pelúcia. Por isso mesmo, será mostrado aqui no Salão de São Paulo, em novembro, com mudanças pontuais no desenho para agradar ao público brasileiro.

A quarta geração do Honda Fit deve trazer a reboque a estreia do novo motor 1.0 de três cilindros turbo de 130 cv e também um pacote de equipamentos de assistência semi-autônoma, como alerta de faixa e frenagem automática.

A produção em Itirapina (SP) começa no fim do ano e as vendas devem ficar para início de 2021.

Nissan March

nissan march micra europeu 2019

O Nissan March ganhará nova geração, só que uma específica para o Brasil. No Salão de Tóquio a própria marca disse que o hatch está em desenvolvimento por aqui. Porém, será diferente do Micra europeu e deverá beber na fonte do modelo asiático.

O novo Nissan March Ficará maior, mais tecnológico e conectado – pode receber o novo motor três canecos turbo. A fabricação será em Resende (RJ) e o modelo será exportado para o México e para mercados sul-americanos.

Fotos Divulgação

3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Antonio 1 de abril de 2020

    Ficou difícil comprar carro no Brasil. Uns vem cheios de perfumaria, badulaques eletrônicos MAS… Motor, bom projeto, segurança, desempenho, e economia somem de pauta, ou seja não são prioridades, pois o negócio é fazer uma gambiarra de todo jeito que o BRASILEIRO COMPRA e paga caro. Pega um Jeep infla de plástico, coloca um motor 1.8 de palio fire 2004 e cobra 100.000,00 que o “Brasileiro” compra. E agora depois do virtus… O que comprar? A T-cross foi tão mal projetada que a sombra do vidro mata a imagem do retrovisor. Os carros da Nissan tem boa mecânica, mas parece que amassaram eles de cima para baixo antes de mandar para concessionária. A honda até tem uns carros legais, mas cobra até o ar que você respira na concessionária. Enfim, Tá difícil.

  • Avatar
    Sergio Roberto Feliciano 27 de dezembro de 2019

    Só acho chato essa mania que essas montadoras sempre tiveram em fazer um novo modelo do carro, mas continuarem produzindo e vendendo o modelo antigo e já defazado com a desculpa de ser carro de entrada. Estão somente desovando sobras de velharias.

  • Avatar
    marcus 26 de dezembro de 2019

    Se o novo Sentra vier com o mesmo motor 2,0, ficará difícil competir com Honda Civic, Toyota Corolla. Se vier com o 1.6 turbo de 190 cv ou o novo 1.3 turbo da Renault de 170 CV, acho que a competição será boa.

Avatar
Deixe um comentário