[Vídeo] Como a Líder resistiu a perda de faturamento?

Com a redução do valor, a arrecadação do DPVAT caiu 60% e os mesmo serviços continuaram sendo prestados

Por AutoPapo13/03/18 às 14h04

Boris Feldman questiona como a Seguradora Líder continua oferecendo os mesmos serviços e valores de indenização mesmo após perder 60% do seu faturamento em dois anos. Para ele, esse era um claro indício de que havia uma grande maracutaia!

[TRANSCRIÇÃO]

BORIS FELDMAN: Eram 80 milhões de veículos pagando, digamos, R$ 100.

ANTONÉLIO SOUZA: Imposto, gente. É obrigatório!

BORIS FELDMAN: É obrigatório… Muito bem. De repente, em 2017, baixou de R$ 101 para R$ 62. Agora, em 2018, (baixou) para  R$ 42.

ANTONÉLIO SOUZA: R$ 42, R$ 41,40

BORIS FELDMAN: Você imagina, uma empresa como a Seguradora Líder, que passou a receber 60% a menos; o faturamento caiu 60%. Ora, ela continua prestando o mesmo serviço. A maracutaia está mais do que na cara, você não acha?

Boris Feldman fala sobre a queda de faturamento da Líder

3 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Rick 15 de Março de 2018

    Quer ditador vai pra venezuela.

  • Marat vasco 14 de Março de 2018

    É ladrão pra tudo que é lado. A minha esperança são os militares ou um ditador honesto e linha dura contra estes depravados.

  • Clovis Lopes dos Santos 14 de Março de 2018

    Merecemos ressarcimento por todo esse dinheiro que foi tirado de nós

Deixe um comentário