Trocar o pneu é tão fácil quanto parece? Veja o passo a passo

Explicamos e ilustramos o passo a passo daquilo que você pensa ter nascido sabendo, mas que pode não ser bem assim

Por AutoPapo09/10/18 às 12h55

Imagine que você esteja numa boa, dirigindo o seu carango sem medo de feliz. Subitamente, sem sobreaviso, “bum!”, um buraco no asfalto (algo usual nas vias brasileiras) detona o pneu do seu carro. Para não ficar na mão, preparamos algumas dicas que certamente o ajudarão a trocar o pneu.

Além das buraqueiras que acometem nossas ruas, o desgaste natural do componente e até mesmo objetos e detritos espalhados pelas vias, como pedras pontiagudas, podem ser responsáveis pelo estouro e pela necessidade de trocar o pneu. Assim que notar o problema, acione o alerta e procure área plana e com menos tráfego para estacionar o veículo. Depois, utilize o triângulo para sinalizar que seu automóvel está sob reparos. A distância mínima entre ele e o carro deve ser de 30 metros.

Trocar o pneu: passo a passo ilustrado
Fabiano Azevedo/AutoPapo

Como trocar o pneu

Isso feito, está na hora de realizar a trocar o pneu. Para tal, você precisará de um trio muito importante, que jamais deve deixar o seu carango: estepe, macaco e chave de roda. Certifique-se periodicamente de que o estepe esteja em boas condições, com a calibragem correta e esteja dentro dos padrões.

Para efetuar a troca, é imprescindível que o freio de mão esteja puxado e a primeira marcha engatada (se o seu carro tem transmissão automática deixe-a na posição P). Com o veículo no chão, gire a chave de roda no sentido anti-horário para apenas afrouxar as porcas. Nesta etapa é necessário o uso de força. Se suas tentativas forem frustradas, jogue o peso do seu corpo contra a chave de roda. Depois, posicione o macaco sob a lataria do carro e evite o contato com a parte plástica para não causar danos ao automóvel – geralmente, no manual do veículo, a fabricante indica o local correto.

Agora é a hora de o macaco subir no galho. Acione-o, sempre certificando que esteja bem estabilizado e perpendicular ao chão. Caso contrário, volte com ele para o chão e repita o processo de posicionamento. Em modelos mais novos, há um indicador mostrando onde posicioná-lo; é só procurar o marcador. Tem que levantar o carro para trocar o pneu a uma altura razoável, no qual seja possível encaixar o estepe no eixo.

Quando a roda estiver fora do chão por completo, remova os parafusos e tire o pneu. É prudente deixá-lo sob o veículo ao trocar o pneu, pois caso o macaco não dê conta e ceda ele irá evitar um baita prejuízo. Agora coloque o estepe e aperte ao máximo as porcas (no começo use as mãos e depois a chave de roda, num padrão de estrela), de modo que segurem o pneu.

Depois de descer o veículo, retire o macaco e guarde-o, bem como a chave de roda (você ainda pode usá-la novamente, caso queira apertar um pouco mais os parafusos). O pneu danificado será posto no local do estepe, e não se esqueça de levá-lo a um borracheiro para uma reparação ou reposição do componente. É fácil trocar o pneu, não é mesmo?

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário