Cinco respostas do Boris para os leitores do AutoPapo

Conheça a opinião do Boris sobre Gás Natural Veicular (GNV), hidrogênio, autonomia, bicos injetores e a mania de descansar o pé na embreagem

Por BORIS FELDMAN11/07/18 às 11h22

Selecionamos cinco respostas do Boris para perguntas enviadas por alguns de nossos leitores. Aproveitamos para deixar matérias relacionadas aos temas para ajudar outros motoristas que possivelmente precisem.

1 – Mauro: O gás natural trás danos ao motor? Se sim, quais?

Resposta do Boris: Não compromete em nada o motor mas sempre se recomenda ligar o carro com gasolina ou etanol pois o GNV é sempre uma adaptação.

2 – Márcio: O que você sabe ou acha desses kits que misturam hidrogênio no combustível. Chama hidro cel?

Resposta do Boris: Não perca tempo e nem jogue fora seu dinheiro com esta pi-ca-re-ta-gem !

3 – Alcione: Comprei um Chery s18, mas o tanque é super pequeno. Rodo mais na cidade e sempre fico na duvida: etanol ou gasolina?

Resposta do Boris: Se seu problema é a baixa autonomia pelo pequeno volume do tanque, abasteça com gasolina.

As respostas do Boris explicam: GNV faz mal para o motor ? Motorista pode deixar o pé apoiado na embreagem? E a limpeza dos bicos injetores, é picaretagem?

4 – Eduardo: Levei o carro no mecânico e ele falou que tenho que fazer a limpeza dos bicos. Minha duvida é esta: limpeza de bico realmente e necessária ou tenho que comprar bicos novos?

Resposta do Boris: Não precisa ficar na dúvida: se seu motor tem problemas de funcionamento como marcha-lenta irregular, ou tosse ou espirra ao acelerar, ou está com baixo desempenho e consumo elevado, pode ser que haja um problema nos bicos injetores. Caso contrário, limpar bicos é jogar dinheiro no lixo.

5 – Cristiano: Pisar na embreagem com o carro parado estando ou não engatada a marcha faz algum mal? Frear com o pé na embreagem danifica algo?

Resposta do Boris: Pisar na embreagem desnecessariamente só aumenta o desgaste de seus componentes. Frear com a embreagem acionada não danifica nada. Mas procure sempre poupar o sistema de freios reduzindo a marcha e usando o freio-motor.

Para ler mais respostas do Boris, clique aqui.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

5 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Projeto Fit 60D 18 de novembro de 2018

    Oi, gostei muito de seus artigos,bem informativos.
    Vou recomendar parabéns

  • Priscila 11 de julho de 2018

    Ola gostei desse artigo esse tipo me ajudou muito, e vou ver outros artigos.obrigado

  • Rodolfo 11 de julho de 2018

    Caro Boris, muito boa tarde!
    …. Tenho algumas considerações a respeito da seguinte questão:
    1 – Mauro: O gás natural trás danos ao motor? Se sim, quais?
    …. Como o GNV é adaptado a um motor a gasolina ou flex, logo o casamento das marchas não é o ideal, considerando que o motor usando GNV perde potência para uma mesma rotação a ser considerada usando gasolina ou etanol.
    …. Assim para ter mais potência usando GNV a relação do câmbio deveria ser encurtada, salvo melhor juízo. Caso contrário, o motorista tenderá a forçar o motor em uma marcha alta no GNV em uma subida o que aumentará consideravelmente a carga no motor e consequentemente o desgaste do mesmo, em especial as bronzinas de mancal e biela.
    …. E pensando aqui esse procedimento de usar gasolina na hora da partida apenas e após usar a rodo GNV não faz sentido… pois imagine que na partida são uns 10 segundos e quem roda com GNV roda bem coisa de no mínimo 2000 km por mês, então 99,99% do tempo do motor funcionando será no GNV apenas, então seria inócuo ligar o mesmo na gasolina para garantir um melhor lubricidade das válvulas de admissão e consequentemente maior durabilidade das mesmas.
    Um forte abraço,
    Rodolfo
    Engenheiro Mecânico

  • Angelo Azevedo 1 de agosto de 2017

    a gasolina que utilizada no brasil possui chumbo?, porque na santa fé 2.7 2007 na boca do tanque diz não utilizar gasolina com chumbo,

    • Daniel Camargos
      Daniel Camargos 5 de setembro de 2017

      Como os carros Hyundai são exportados para vários países e alguns ainda usam o chumbo na gasolina, então a fábrica coloca esta advertência em todos os carros que exporta, pois não sabe onde serão abastecidos.

Deixe um comentário